Teatro: Espetáculo 'Ponte Golden Gate' reestreia no Rio após sucesso em 2017

Por João Guerra

Cena do espetáculo "Ponte Golden Gate" - Thaís Belchior, Léo Bahia e Mariana Cerrone
(Foto: Divulgação/ Flávio Dantas)

 Depois da temporada no Teatro Ipanema em 2017, a peça "PONTE GOLDEN GATE" volta à cena carioca, agora no Teatro dos 4, onde fica durante o mês de janeiro. O texto é do ator Igor Cosso, e a direção de Wendell Bendelack (“Surto”). O conta com atores e atrizes em alta cena teatral e tem também a presenção do ator Leo Bahia que atualmente está no ar na novela “O Tempo Não Para” sucesso de audiência da TV Globo. Dentre eles temos: Thais Belchior, João Vitor Silva (“Verdades Secretas” e Rock Story”), Mariana Cerrone, Hamilton Dias e o próprio autor Igor Cosso integra o elenco.

O mote para a criação da peça veio do filme A PONTE (The Bridge), do americano Eric Steel,que deixou câmeras em vários ângulos, por um período de quase um ano, voltadas para a ponte Golden Gate, em São Francisco, USA - lugar conhecido como a Meca dos suicídios, pelo alto índice de suicídios. Entre os relatos dos parentes das vítimas e até de sobreviventes, apresentados no filme, Igor Cosso enxergou um viés de absurdoe um potencial cômicoque o inspiraram a escrever o texto – uma tragicomédia que fala da falta de respostas para os enigmas da nossa existência.

"Eu vou morrer. Você também. E seus pais. Seus amores. Todo mundo vai morrer um dia. Tem gente que é de repente. Tem gente que a saúde prepara. E tem gente que escolhe. Sempre que temos que lidar com a morte, inevitavelmente refletimos sobre a vida. Tem perguntas que não tem respostas. Mas o que nos resta se não buscá-las? A gente tá ferrado. Só nos resta rir de nós mesmos. A vida é um absurdo! Tanto quanto a Golden Gate Bridge em São Francisco ter se tornado o maior point de suicidas do mundo. Inspirado pelo documentário "The Bridge" do diretor Eric Steel, minha curiosidade extrema pelo desconhecido e minha paixão pelo humor "no sense", surgiu o texto PONTE GOLDEN GATE.",revela Igor Cosso.

Inicialmente criada como um esquete para festivais, PONTE GOLDEN GATE é agora uma peça pronta, com novos personagens e aprofundamento das reflexões. O então esquete foi consagrado nos festivais FESTU RIO e FESQ CABO FRIO, ganhando os prêmios de MELHOR TEXTO (entre mais de 120 textos no Festu), MELHOR ATRIZ (Mariana Cerrone) e MELHOR CENÁRIO, e estimulando Igor Cosso a desenvolver a história.

SINOPSE
Seis brasileiros em excursão a São Francisco são atraídos por diferentes razões para a famosa ponte Golden Gate. Alguns deles estão vivendo situações limite, outros descobrirão acontecimentos que mudarão suas vidas. Leo (João Vitor Silva) não dorme há dias com um zumbido em sua cabeça. A baiana Janete (Mariana Cerrone) não suporta a ideia de que um dia as pessoas que ama vão morrer. Suzana (Thais Belchior) e Geraldo (Hamilton Dias) estão na lua de mel dos sonhos, até que uma revelação muda os rumos da viagem. Rael (Igor Cosso) revela um segredo terrível para seu namorado Beto (Leo Bahia).

Todos buscam respostas para a mesma pergunta: qual o sentido da vida? Sem saber para onde ir ou o que fazer, a ponte passa a representar uma possibilidade real de saída.

A MONTAGEM
O cenário de Marcella Rica utiliza-se de cinco escadas dobráveis em tamanhos diferentes, que fazem as vezes da ponte. Nelas se equilibram os atores, explorando instabilidade e altura num jogo com seus corpos.

FICHA TÉCNICA
Texto: Igor Cosso
Direção: Wendell Bendelack

Elenco / Personagem:
Igor Cosso / Rael
Leo Bahia / Beto
Thais Belchior / Suzana
Mariana Cerrone / Janete
João Vitor Silva / Leo
Hamilton Dias / Geraldo

Cenário: Marcella Rica
Figurino: Maria Thereza Macedo
Iluminação: Frederico Eça
Trilha Sonora: Flávia Belchior
Foto Cartaz: Vinicius Mochizuki
Foto Divulgação: Flávio Dantas
Design Gráfico: Andrea Barcelos e Thais Muller
Produção: Inverso Produções Artísticas e Igor Cosso
Assistente de Produção: Thais Belchior e Gabriel Ferri
Assessoria De Imprensa: JSPontes Comunicação – João Pontes e Stella Stephany

SERVIÇO:
Teatro dos 4
Shopping da Gávea R. Marquês de São Vicente, 52/2º piso – Gávea/RJ - 
Telefone: (21) 2239-1095
Horário: sempre às 5ªs, às 21h / Duração: 55 minutos
Lotação da Casa: 402 lugares
Gênero: Tragicomédia
Ingressos: R$50 (inteira) e R$25 (meia)
Funcionamento Bilheteria: 2ª e 3ª das 14h às 20h, 4ª a domingo das 14h
Compra Online: www.ingressorapido.com.br/
Classificação: 16 anos / Em cartaz: até 31 de Janeiro
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!