Festival do Rio 2018 #5: 'Infiltrado na Klan' de Spike Lee

Por Eduardo Cabanas (Twitter: @edu_dc)

10) Infiltrado na Klan (BlacKkKlansman, EUA, 2018), direção: Spike Lee
(Foto: Divulgação)
Há quem ache o Spike Lee um chato de galocha, mas eu penso que isso costuma dizer mais sobre seus críticos do que sobre o cineasta em si. Não consigo imaginar assistir "Infiltrado na Klan" sem enxergar o trabalho de um diretor de altíssimo nível que está provavelmente voltando ao ponto mais alto da carreira. A construção cuidadosa da trama consegue equilibrar todo o seu ativismo político habitual com personagens interessantes e um bom humor inigualável. Sim, o filme tem seus momentos de 'porrada', mas em paralelo diverte o tempo inteiro. Os diálogos são inteligentes e as situações constantemente beiram o ridículo, criando uma narrativa leve e acessível, apesar da temática pesada. Spike faz um de seus melhores: excelente design de produção, figurinos expressivos, ótimo elenco e uma mensagem política-social muito bem passada. Aliás, mensagem que diz respeito a todos nós. Entender esta obra como um produto de nicho só mostra que não foi captado uma vírgula do que está na tela. Nota: 5/5 (Excelente)

Sobre o autor: Eduardo é produtor cultural, cinéfilo, viciado em séries, nerd nas horas vagas e autor do blog de viagens Player 1 Viajante: www.player1viajante.com
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!