Primeiro Ato: Conheça a atriz Elea Mercúrio, a 'cara' dos Jogos Rio 2016

Por João Guerra
Elea Mercurio (Foto: Clara Eyer/Divulgação)
O Primeiro Ato apresenta a atriz e apresentadora Elea Mercúrio. Se você não está lembrando quem é assim de nome, tudo bem, isso acontece com todo mundo, mas eu te garanto que você a conhece de algum lugar, quer apostar? Vamos lá!

Dá uma olhada nesse vídeo aqui embaixo:

Vídeo do canal oficial Rio 2016

Ahhhhhh lembrou né? rs. Falei que você a conhecia, não falei? Ela foi simplesmente a apresentadora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016, sim ela mesma a "cara" dos jogos nas redes sociais! Ficamos durante meses assistindo todos os vídeos dos jogos que contavam curiosidades históricas desde dos primórdios lá na Grécia a joguinhos divertidos com o público nas arenas e nas rua da Cidade.

Ela é atriz, apresentadora, escritora e roteirista... ufaaa, é praticamente a Mulher Maravilha. Esteve nas novelas "Avenida Brasil" e "O Rebu" exibidas pela Rede Globo, e no teatro fez várias peças, algumas dela como "Garagem", "A Morta", "Álbum de Família" entre várias outras. Atualmente, está fazendo "Meu Destino é Santarém", a peça que ficou em cartaz em Niterói e agora roda algumas cidades do Brasil. Como apresentadora, foi a cara dos Jogos Rio 2016, falando com o público sobre esporte, cultura, amor, atletas e deu até dicas para os gringos. Em 2014, comandou o Verão MTV, à frente do programa Batalha de Quiosques.

Confira o Ping-Pong com Elea Mercurio:

Nome: Elea Mercúrio

Idade: 33


Local de nascimento: Sampa


Signo: Capricórnio


Peso: 58kg


Altura: 1,72


Apelido: Lê pra minha mãe e geleia na escola.


Estado civil: "in love".


Qual é sua maior qualidade? Lealdade.

E seu maior defeito? Insegurança.

O que você mais aprecia em seus amigos? Humor inteligente.

Sua atividade favorita é: Assistir séries.

Sua comida preferida? A que não foi feita por mim.


Faz dieta? Deveria.


Qual é sua ideia de felicidade? Muita arte, muitos artistas, comida sem veneno e dinheiro suficiente pra viver bem.

Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? John Malkovich, rs. Não sei...

Qual é sua cor favorita? Verde.

Um lugar no mundo? Rio.

Um animal e porque da escolha? Cachorro. Pq eles brincam com a gente.

Quais são seus autores preferidos?
Geralmente, são os que eu estou lendo. O Nelson Motta tem uma escrita deliciosa, que te leva pro meio daqueles personagens. Acabei de ler a biografia do Tim e foi uma delicia. Mas gosto muito e sempre da Yasmina Reza e do Mamet. Já tive uma fase Bukowski, já pirei com a Anaïs Nin... mas nunca li toda a obra de alguém. Não sou dessas.


Um Livro? Teatro, do David Mamet


Um ator? Al Pacino.


Uma atriz? A Fernanda.

Qual é o lema de sua vida? Não sei se é um lema, mas tento dar o meu melhor pras pessoas, pro mundo.

Uma frase: Quem rejeita o ensino das artes, ainda não entendeu o que ela pode fazer pelo desenvolvimento das nossas potencialidades. Ou entendeu demais.

Uma mania: organizar e reorganizar.

Gasta muito com: presentes pra família.
Um sonho de consumo não realizado: uma casa enorme com sala de ensaio.

Uma lembrança de infância:
Eu desbravava o Parque da Aclimação, levando a família por uma trilha cheia de aventuras, na qual eu era a guia. Hahahahaha.

Em que ocasiões você mente?
Quando dou entrevistas.

Uma vaidade:
Estou com mania de maquiar as sobrancelhas antes de sair.

Qual é o seu maior medo? Não ganhar um Oscar. Mentira, é ser internada. Tenho horror a hospital.

O que o irrita? Barulhos com a boca. 


O que você considera a sua maior conquista?
O autoconhecimento. Conhecer cada vez mais a mim mesma e tirar o melhor disso. Mas essa conquista é "work in progress". Sempre.


O que você gosta no próprio corpo?
Meu rosto.


O que você não gosta no próprio corpo?
Se eu disser, vão prestar muita atenção nesse lugar, rsrs.

O primeiro beijo: foi cinematográfico, no mar, voltando de um mergulho.

A primeira vez no sexo foi…
ótima.

Defina-se em uma palavra: Elea.


Como foi sua preparação para viver a professora Lua no peça teatral "Meu Destino é Santarém"? Muito objetiva, a construção da personagem se deu no fazer. Sem piração. As camadas, as nuances, as novas leituras iam aparecendo no corpo e na voz durante os ensaios e a gente anotava aquilo pra não perder. O Marcelo e o Edvard (ator e diretor) são excelentes colegas de trabalho, inteligentes e sabem trabalhar em equipe. Aproveitamos muito uns aos outros. 


Como foi a experiência de ser a apresentadora oficial dos 
Jogos Olímpicos Rio 2016, antes, durante e depois ? Desafiadora. Um dos trabalhos que mais me tirou da zona de conforto, que exigiu muita iniciativa e decisão, sem espaço pro erro. Uma baita responsabilidade, um lugar onde confiaram muito em mim. Eu gostei demais! 

Carreira? Só tenho motivos pra comemorar e agradecer.

Vida de atriz? Difícil. Tenho a sensação de recomeçar do zero a cada vez que um trabalho se encerra.


O Começo? Fazendo teatro escondido dos meus pais.


Famíla? Uns malucos que eu amo incondicionalmente.


Teatro? Onde me sinto mais à vontade.


Futuro? Tem muitas coisas que eu quero fazer...


Quem é Elea Mercúrio? Uma pessoa muito comum, com sonhos, fantasias, quereres, medos, fraquezas, que ri, que chora, que contesta, que procura entender. Um pouco fechada, um pouco desconfiada, com plano A, plano B e plano C, aprendendo sempre. Alguém que ama, que sente saudades, que curte a vida, que trabalha por amor, que tem bons amigos.



Sobre a coluna
Senhoras e senhores, aqui no "Primeiro Ato", vamos conhecer um pouco mais das pessoas que fazem parte da cena cultural, seja uma atriz, um produtor executivo ou até mesmo um fotógrafo que são destaques no cenário cultural do Rio de Janeiro quiça do país. Vamos saber o que eles pensam, o que eles gostam, a sua cor favorita e até mesmo o seu maior defeito. E é claro, vamos contar também a sua vida e sua história na arte. A cada coluna, vamos trazer um artista novo e novas curiosidades. Você também pode enviar uma sugestão de entrevistado. É só enviar para gente através do nosso blog ou das nossas redes sociais (Instagram ou Facebook).

João Guerra
Formando em publicidade e propaganda pela FACHA e Produtor Cultural por vocação e chefe de cozinha por opção. Um cara tipicamente carioca, gosta da praia, do sol e principalmente das manhãs de domingo, apaixonado por literatura, gosta de arte moderna, um profundo admirador de arquitetura e um amante da culinária. Gosta do que é bom e refinado, às vezes chato. Amante da cultura brasileira, dos teatros e um louco por cinema.

Instagram: @joao.guerra
Facebook: João Guerra
Email: joao.guerra@contracenarte.com

Quero saber o que achou, então comenta aqui embaixo e compartilha beleza? :)
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!