Festival do Rio 2016 - Dia 9: o emocionante 'Vida, Animada'

Por Eduardo Cabanas (Twitter: @edu_dc)

17) Vida, Animada (Life, Animated, EUA, 2016), direção: Roger Ross Williams.
(Foto: Divulgação)
Se eu fosse presidente da Disney, depois de "Vida, Animada", eu me aposentaria com sensação de dever cumprido. O documentário aborda a vida e crescimento do jovem Owen Suskind, um autista, filho do jornalista Ron Suskind, que aprendeu a se comunicar com o mundo através dos filmes da Disney.
Se não bastasse a linda história de superação, o filme traça um paralelo emocionante entre a vida do rapaz e das próprias animações do estúdio. Criando assim algumas ressignificações memoráveis de cenas clássicas como a Poor Unfortunate Souls (através da fala "Just Your Voice) da "Pequena Sereia", o final de "O Corcunda de Notre Dame" e, por fim, a ascensão do Simba em O Rei Leão.
Contando também com depoimentos emocionantes da família do rapaz e uma aparição inesperada de Jonathan Freeman (dublador original de Jaffar e intérprete do mesmo no musical da Broadway), "Vida, Animada" é um relato tocante sobre o autismo. amor familiar e, ao mesmo tempo, uma viagem deliciosa através dos clássicos da Disney. Nota: 4/5 (Muito Bom)

Sobre o autor: Eduardo é produtor cultural, cinéfilo e autor do blog de viagens Player 1 Viajante:www.player1viajante.com
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!