Confira o nosso TOP 10 filmes de terror para esse Halloween

Por Paulo Rodrigues
Cena de "Invocação do Mal" (foto: Divulgação)
Se você é um daqueles que ama filmes de terror e nesta época de Halloween sempre deixa essa atmosfera de horror povoar seu imaginário, preparamos um #top10 com os principais filmes de terror da atualidade!

Afinal, um sustinho de vez em quando não faz mal a ninguém! Não é mesmo? 

1- Invocação do Mal 2 


Lorraine Warren (Vera Farmiga) e Ed Warren (Patrick Wilson), sete anos após os eventos de invocação do Mal, desembarcam na Inglaterra para ajudar uma família atormentada por uma manifestação demoníaca. O filme é baseado no caso Enfield Poltergeist, no final dos anos 70.

Um dos filmes de terror mais esperados de 2016. Raros são os casos de uma sequência ser tão boa quanto a trama original. James Wan acertou claramente ao trazer toda a sua experiência nessa continuação tão digna de ser feita, com um elenco incrível e uma trilha sonora impecável.

2 - Rua Cloverfield, 10


Michelle (Mary Elizabeth Winstead) sofre um grave acidente e desperta no porão de um homem desconhecido. Este homem (John Goodman) afirma ter salvo sua vida de um ataque químico que deixou o mundo inabitável, motivo pelo qual os que sobreviveram devem permanecer protegidos no local. Desconfiada de tal situação, ela tenta achar um modo de fugir, mesmo correndo o risco de descobrir uma verdade muito pior do que ser trancafiada.

Supreendentemente positiva esta obra surgiu fugindo de certas estéticas cansadas que o cinema nos apresenta, ganha muitos pontos por divergir de tudo que se fez no filme original e funciona por si só entrando para o clã dos filmes que não se deve deixar de assistir devido seu raro vislumbre de inteligência.

3 - The Neon Demon


Jesse (Elle Faning) é uma jovem de 18 anos recém-chegada á Los Angeles. Com uma beleza estonteante, a mesma tenta a vida como modelo profissional. Após algumas fotos mórbidas a jovem é contratada por uma conceituada agencia de modelos. Muito ingênua não percebe que o clã que está entrando é um ciclo cheio de egos inflados e segundas intenções.

Se você acha que já presenciou tudo quando o assunto é o mundo da moda, posso lhe afirmar que está completamente enganado.

Pelas mãos do diretor Nicolas Winding Refn, nos é apresentado um universo canibal composto por roteiro, atuações e uma fotografia impactante. Repleto de sequencias que causam fortes reações é fácil afirmar que este filme não será digerido por qualquer estomago.

4 - The Darkness


A história gira em torno de uma tradicional família que sonha em realizar uma viagem de férias até o Grand Canyon. Na volta os mesmos acabam trazendo consigo uma força sobrenatural maquiavélica que colocará em risco a vida de todos.

A presença do ator Kewin Bacon é um chamariz e uma aposta de seus produtores que fizeram deste longa uma das principais apostas do ano. Tudo isso devido uma temática pesada onde  espíritos de mal agouro tomam conta de tudo.

5 - 12 Horas Para Sobreviver


Dois anos se passaram após Leo Barnes (Frank Grilo) dar fim a uma ação de vingança em uma noite de expurgo. Agora prestando serviços de segurança para a senadora Charlie Roan (Elizabeth Mitchell) sua missão será protege-la durante sua candidatura à presidência e sobreviver ao massacre anual que tem como alvo principal a senadora e os pobres inocentes do Estados Unidos. Porém uma traição inesperada os obriga sair pelas ruas onde nenhuma ajuda será possível. Ambos devem continuar vivos até o pôr do sol, ou ambos serão sacrificados.

Essa nova proposta mostrou-se bem eficiente, com design moderno o desfecho desta história deixa o espectador com aquele gosto de quero mais. Tudo isso graças a brilhante ideia de expansão em seu conceito, fazendo da trama não somente um filme e sim uma crítica social. Levantando a questão de até quando os interesses dos mais favorecidos irão prejudicar a classe menos favorecida, fazendo do longa uma experiência memorável.

6 - 31


Cinco pessoas são sequestradas e mantidas como escravas em um lugar chamado Murder World. O preço da liberdade de ambos e participar de um sangrento jogo chamado 31, onde o desafio é sobreviver a um local repleto de figuras bizarras, dentre elas palhaços assassinos e sanguinários.

Perturbador é como podemos chamar este filme dirigido por Rob Zombie, que além de abusar do gênero Slasher tão cultuado nos anos 70, nos transporta a um clima estradeiro tomado por personagens transtornados e muito sangue da maneira mais devastadora possível.

Com um roteiro reverenciando o cinema de décadas passadas a obra vale cada minuto de seu tempo, levando para as telonas o verdadeiro significado de sexo, drogas e rock’n’roll.

7 - Boneco do Mal


Greta (Lauren Cohan) é uma baba em uma pequena vila inglesa, porém a criança de oito anos no qual ela cuida, na verdade é um boneco cujo o casal ama como se fosse um menino de verdade. Uma maneira de aceitarem a morte do filho, ocorrida vinte anos atrás.
Após violar várias regras de cuidados com o boneco, uma série de eventos inexplicáveis tornam a vida de sua babá um verdadeiro inferno.

Com um roteiro cheio de reviravoltas, a trama entrega algo totalmente inesperado, surpreendendo de forma impactante e nos deixando de boca aberta, só por isso o filme já merece elogios por conseguir nos prender por 1h30min de forma eletrizante.

8 - Lights Out


Ainda pequena, Rebecca (Teresa Palmer) era uma criança cheia de medos, especialmente quando as luzes se apagavam. Ela jurava ser perseguida por uma mulher e anos mais tarde seu irmão caçula começa a sofrer do mesmo problema. Com o passar do tempo, juntos descobrem que tal perseguição está ligada a mãe deles que esconde uma terrível verdade.

O filme tem um clima claustrofóbico que rapidamente o torna assustador. O medo crescente que possuem suas cenas vai deixar o espectador com os nervos à flor da pele, torcendo para que uma fresta de luz apareça logo.

Filmes de terror com esse tipo de ação são ótimos aperitivos para assombrar a imaginação à ponto de sentirmos medo de que as luzes se apaguem.

9 - O Homem nas trevas


Três adolescentes são perfeitos quando o assunto é escapar de roubos planejados. Porém são pegos de surpresa ao realizarem seu último crime que era assaltar a casa de um senhor cego. Infelizmente o jogo muda pois acabam encarcerados e precisam lutar contra um psicopata cheio de armadilhas, segredos e ódio.

Tenso do começo ao fim! É o filme que faltava para provar o bom momento do cinema de horror. Este filme é um exemplo do que não é clichê ou genérico, tornando ele popular e de um potencial enorme. Repleto de sequências assustadoras e de um terror real, nos deparamos com uma civilização colapsada onde redenção, heroísmo e temáticas estéticas não cabem no contexto.

10 - O Sono da Morte


Após a perda do filho, o casal Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) adotam o pequeno Cody (Jacob trembley), uma criança da mesma idade e cheia de mistérios. O garoto se adapta bem a nova família, parecendo tudo harmonioso até a manifestação de um problema começar a surgir, seus sonhos e pesadelos se tornam realidade podendo se tornar mortais.

Com um roteiro bem definido que vai além dos sustos, essa história se encaixa perfeitamente no que se propõe.

Utilizando do macabro e da fantasia para fazer com que uma criança resista a realidade de seus traumas. A direção do filme foi muito inovadora ao utilizar de tais artifícios para tratar de problemas psicológicos, fazendo com que a complexidade do filme no seu desfecho seja algo muito interessante.


E então preparados! Doces, travessuras ou pipoca?

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!