Começou a 40ª Mostra de Cinema Internacional em São Paulo. Confira!

Por Paulo Rodrigues

Ilustração por  Marco Bellocchio 
Está rolando em São Paulo a tão aguardada 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que começou no último dia 20 de outubro e vai até o dia 2 de novembro de 2016Completando 40 anos após sua abertura que será realizada no auditório do Ibirapuera, durante duas semanas serão exibidos 322 títulos de diversas cinematografias, em 42 locais, entre cinemas, espaços culturais e museus espalhados pela capital paulista, o grande evento também inclui exibições gratuitas ao ar livre.

Alinhado aos grandes festivais do mundo a mostra trará com exclusividade alguns filmes premiados de diretores estreantes que despertam os olhos da crítica, dos júris e do público. A seleção deste ano fará um apanhado do que o cinema contemporâneo está produzindo.
Ao todo a mostra é composta por seis seções.   
                          
Competição Novos Diretores - que exibe títulos de diretores que tenham realizado até dois longas (os mais bem votados pelo público serão vistos pelo Júri Internacional, que escolhe posteriormente os que vão receber o Troféu Bandeira Paulista).

Perspectiva Internacional - a seção com o maior número de filmes, apresenta títulos recém-premiados e diretores já consagrados, as principais tendências, temáticas, narrativas e estéticas produzidas em todo o mundo.

Apresentações Especiais - sessões em espaços alternativos que completam a obra de diretores selecionados pelo evento.

Mostra Brasil - exibe títulos brasileiros inéditos em São Paulo.

Retrospectiva - seção com clássicos, restaurados ou não, de importantes diretores.

Homenagens, que este ano celebram a obra de Marco Bellocchio, Andrzej Wajda e William Friedkin.

Serão exibidos também de Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia, de Hector Babenco (vencedor da primeira edição do evento); O Quarto Homem, de Paul Verhoeven, Daunbailó, de Jim Jarmusch, Decálogo, de Krzysztof Kieślowski e One man Up, de Paolo Sorrentino.

A edição deste ano prestará homenagem ao mestre do cinema italiano Marco Bellocchio, que além de ter 12 títulos em exibição no evento virá a São Paulo para uma Masterclass e a exibição de Belos Sonhos na abertura do evento.

Teremos também a presença do diretor americano William Friedkin, que virá a São Paulo ministrar uma Masterclass durante a mostra, também será homenageado com o prêmio Leon Cakoff e a exibição de alguns títulos, incluindo O Exorcista e Operação França.
Os jornalistas poderão acompanhar os dois primeiros episódios da série The Young Pope, dirigida por Paolo Sorrentino, com Jude Law, Diane Keaton, Silvio Orlando e Javier Cámara.

Um momento super aguardado é a retrospectiva Foco Polonia que trará dezessete títulos de Andrzej Wajda e a exibição de cópia restaurada de Decálogo, de Krzysztof Kieślowski, além de filmes contemporâneos.

Presente também o mestre Abbas Kiarostami que teve uma grande proximidade com o evento, será homenageado com a exibição de seu último filme, o curta Me leve pra casa, e do documentário 76 Minutos e 15 Segundos com Kiaros Tami.

Para comemorar os 50 anos da obra Persona, escrito e dirigido por Ingmar Bergman, a Mostra trará a exposição Por Trás da Mascara, seguida de um debate após a exibição do filme.

E para finalizar este dia repleto de atrações, pela primeira vez o encerramento deste grande evento será na área externa do Auditório Ibirapuera, com a exibição do clássico A GENERAL (1926), de Buster Keaton e Clyde Bruckman. A sessão terá acompanhamento da Orquestra Sinfônica de Heliópolis. 

Preparados? Pois este ano a Mostra promete!

Filmes participantes: https://goo.gl/2tjuf0



Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!