#QuinaCinematográfica: Filmes IN-ESQUECÍVEIS

Por Leonardo Rebello

Mais uma quina e mais filmes para conferir. Essa quina saiu de um questionamento curioso. Filmes que dividiram a crítica e caminham para o esquecimento de forma equivocada. Essa quina vai falar de cinco filmes fortes, cinco filmes que tocaram de forma particular e grandiosa o público. Filmes que merecem o posto de clássico. Filmes que merecem ser assistidos tantas vezes assim como "Bonequinha de Luxo" ou " O Poderoso Chefão", sendo assim, papel na mão e vamos lá!


UM FRANCÊS PARA GUARDAR


O francês “Um Evento Feliz” não foge à regra do tal “cinema globalizado”. A junção de uma estética similar as séries de tv, diálogos inteligentes, uma fotografia publicitária e inúmeras referencias à cultura pop, resultam nesse filme simpático. Alguns críticos afirmam que tal filme já até foi esquecido pelo público, mas a verdade que o mesmo foi tão pouco divulgado. Sendo assim, críticos, vamos devagar.
O filme é uma grande junção de clichês, um casal apaixonado, uma gravidez inesperada, divisão das responsabilidades e por aí vai. Mas o filme chama a atenção por ter divertidos e apaixonantes diálogos, um casal com química e uma comédia romântica um tanto inspiradora.


NOVE E NÃO OITO E MEIO



“Noites de Cabíria” eu falaria lentamente o nome desse filme, mas todo grito é pouco. Primeiro que estamos falando de Fellini, segundo porque temos uma das personagens mais fortes do cinema – na minha humilde opinião. O filme é um clássico e como clássico italiano não poderia faltar uma forte história, uma forte mulher e toda grandiosidade da Itália. Noturna Itália. O filme é um hino, por mais que tenha sido humilhado, chutado e devastado, ainda haverá uma esperança para se reerguer.
Cabíria, vivida por Giulietta Masina (esposa de Fellini) é uma prostituta, que muito orgulhosa de sua casa própria, encontra a felicidade nas pequenas coisas. O filme segue dividindo Cabíria em capítulos, onde sua história e contada junto as diferentes situações. Sem julgá-la, o filme é sobre uma grande mulher, o sentimento de uma Itália ainda pós-guerra – 12 anos pós-guerra – e sobre a esperança.


TRANSFORMADOR


Volto a sentir o arrepio só de pensar em “Tomboy”. O cinema já retratou a homossexualidade de diferentes formas, diversas vezes, mas nunca de forma tão simples, tão forte e tão verdadeira – quase saiu tão forte e tão perto rs.
O filme retrata a pré-adolescência de Laurie, que simplesmente gosta de se vestir como menino e estar entre eles. O filme é capaz de enganar até a cena em que é revelado o sexo da personagem. Até mostrar os sentimentos de nossa Laurie por outra menina, que nasceu de uma grande amizade. O filme é de tirar as palavras, os preconceitos, e muitas dúvidas para os mais tímidos.


TÃO IMPORTANTE




Agora sim, “Tão Forte, Tão Perto”. Que filme! O elenco é de meter medo, grandes nomes como Sandra Bullock, Tom Hanks, Vaiola Davis, Jeffrey Wright entre outros tantos. A história é fantástica, apresenta uma trama cheia de caminhos e portas que se identificar com o filme é batata – batata é um modo de dizer que é certo. A história é sobre um garoto excepcional que tenta lidar com a perda do pai – melhor amigo -  vitima do  atentado de 11 de setembro. O filme é delicado, um drama, inspirador.






PRIMEIRO AS DAMAS



“Dama por um dia” é um filme delicioso.
O filme conta a história de Annie, uma idosa vendedora de maças  que vive nas ruas de New York. Annie tem um melhor amigo e traficante de bebidas. Apesar de viver na miséria há muitos anos, Annie enganou sua filha Elizabeth, que mora em um país estrangeiro, por muitos anos, fingindo ser uma socialite. Ao saber da visita de sua filha e de seu genro, Annie conta com a ajuda de Dude (seu amigo) para viver a vida de uma socialite, o que vira uma grande confusão, uma grande diversão.


Lá se vai mais uma quina, uma quina que fez uma listinha bem curiosa e diferente. E você, tem um filme que acredita ser inesquecível? Manda um e-mail para o portal, divide comigo, quem sabe não falamos do seu filme na próxima quina. Os contatos estão aqui em baixo ó, não vai esquecer!

Contatos: redacao@contracenarte.com / leonardorebello@outlook.com


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!