#QuinaCinematográfica: Drama Queen Movies

Por: Leonardo Rebello

Finalmente Quinta!

Eu não sei vocês, mas eu fiquei com saudade...

A quina dessa quinta é bem importante para mim, pois vamos falar de alguns filmes bem emocionantes, sejam por suas fotografias, soundtracks e principalmente por seus roteiros. Filmes que somam todas as características acima e fazem do seu sofá o lugar para chorar, ah não choramos apenas por coisas tristes, certo!

Uma vez ou outra conseguimos ficar em casa sozinhos, ou juntamos aquele friozinho gostoso e temos a surpresa de assistir “aquele filme", é , o filme que incorporamos ao nosso dia-dia e as coisas que sentimos. E se chorei ou se sorri, o importante foram os momentos que eu vivi, ou assisti.


PRIMEIRA PARADA, O SORRISO

“O Sorriso de Monalisa”. Ouvi de uma amiga certa vez – salve Alice – que esse seria o filme responsável por uma grande mudança. O filme se passa nos anos 50 e aborda o papel da mulher na sociedade americana. Retrata a dificuldade que todos os educadores que se opõem as normas padrão da sociedade passam. E de forma política e poética, Katherine (papel de Julia Roberts) torna-se inspiração para muitos jovens e adultos com sonhos reprimidos. ” O Sorriso de Monalisa” carrega um roteiro brilhante, vale o confere! 

"O Sorriso de Monalisa" (foto: Reprodução)


NOME SINGULAR

“Laura”. Se vocês nunca ouviram a seguinte pergunta “quem matou Laura Hunt? ”. Agora é a hora. “Laura” uma obra--prima do noir, o género cinematográfico que melhor desvenda a alma humana, obra de Otto Preminger (vale o confere) nos coloca a prova, até onde iriamos por outra pessoa. O filme trata do desvendar da morte de uma bela publicitária e a trama nos leva a questionar sobre o amor, sobre a ilusão e como as duas coisas jutas podem ser fatais. 

"Laura"(foto:Reprodução)

TIRO CERTEIRO

“Na Próxima, Acerto no Coração” Foi um dos filmes de destaque no último festival Varilux de Cinema Francês, da quarta fileira era possível ouvir os sustos e conversas sobre o caráter dos personagens. O filme trata de uma série de ataques que ocorre na França na década de 70, e o responsável por esses ataques é um policial francês, o mesmo responsável para desvendar o caso. O filme apresenta nuances brilhantes e a trilha sonora do filme faz com que você viva todos os sets onde se passa a trama.

"Na Próxima, Acerto no Coração"(foto:Reprodução)


ETERNA REALEZA

"A Princesinha" É aquele clássico que todo marmanjo nunca mais achou na televisão e nunca vai esquecer.Ambientado em um período de guerra, uma orfã cria de sua tristeza uma grande fantasia oriental onde encontra a solução para sua solidão. O filme vale muito o confere, efeitos, trilha, elenco, roteiro. é um clássico moderno. 

"A princesinha" (foto:Reprodução)

FELICIDADE NO FIM DO TÚNEL

"Reencontrando a Felicidade" é um processo de amadurecimento. É um filme para toda família. O filme relata a superação de um casal após a perda de seu filho em um acidente de carro. Nicole Kidman segura o papel de mãe e mostra para nós o melhor de seu trabalho - é claro que não podemos descartar "Moulin Rouge - Amor em Vermelho" e "De Olhos bem Fechados". 

"Reencontrado a Felicidade" (foto:Reprodução)



A quina dessa quinta foi forte, mas quem não gosta de um bom drama? 

Não esquece que toda quinta-feira estamos aqui, e não esquece de mandar para mim sua opinião através desses constatos aqui ó: redacao@contarcenarte.com e leonardorebello@outlook.com


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!