A Caixa Cultural apresenta O cinema de Aki Kaurismäki

Da Redação

O Porto' (2011), premiado no Festival de Cannes, é o último longa produzido pelo cineasta, que aborda a condição dos imigrantes ilegais africanos na França  (foto: Divulgação)
Filmes com uma atmosfera etérea, repletos de afeto e, ao mesmo tempo, com um toque nonsense e divertido. É assim que João Juarez Guimarães define o cinema de Aki Kaurismäki, diretor e produtor finlandês homenageado pela Caixa Cultural Rio de Janeiro com a mostra inédita O Cinema de Aki Kaurismäki, que reúne 17 longas e nove curtas-metragens entre os dias 21 de julho e 2 de agosto. As sessões acontecem de terça a domingo, das 15h às 19h, com ingressos a preço popular.

“A obra de Kaurismäki é original, surpreendente e inusitada, e confere ao finlandês a posição de um dos cineastas em atividade mais cultuado por seu público e prestigiado pela crítica mundial”, diz Guimarães, curador da mostra.

Esta é a mais completa retrospectiva já apresentada sobre o cineasta que, com seu irmão Mika, é responsável por um quinto da produção da indústria cinematográfica da Finlândia. A mostra conta, ainda, com uma exposição, no saguão do cinema, de cartazes originais e fotos de filmagens das produções de Kaurismäki, pertencentes ao Instituto Finlandês de Cinema.

Entre os longas-metragens que serão exibidos destacam-se Contratei um Matador Profissional (1990), com o astro francês Jean-Pierre Léaud; Os Leningrados Cowboys Vão Para a América (1989), um road movie que tornou Kaurismäki conhecido internacionalmente. A trama gira em torno de uma banda de rock russa, que, abalada com o fim da União Soviética, tenta a sorte em uma turnê pelos Estados Unidos; O homem Sem Passado (2002), que ganhou o Grande Prêmio e o Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cannes 2002 e foi nomeado para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2003; e seu último longa, O Porto (2011), que conquistou diversos prêmios internacionais, entre eles o Prêmio Fipresci, Menção Especial - Prêmio do Júri Ecumênico e a Palm Dog (para a cachorra Laïka) no Festival de Cannes, e Melhor Filme Estrangeiro no Festival de Chicago.

Saiba mais sobre o cineasta

Aki Kaurismäki escreve, dirige, produz e, quase sempre, edita seus filmes, que raramente excedem 90 minutos. São, geralmente, excêntricas paródias de vários gêneros – road movies, filmes noir e musicais -, muitas delas rodadas em Helsinque, capital da Finlândia.
Filho de um vendedor e de uma dona de casa, Kaurismäki nasceu em 4 de abril de 1957, em Orimattila, sul da Finlândia. Estudou Cinema, em Helsinque, e Jornalismo, em Tampere, mas desistiu dos cursos e trabalhou como carteiro e lavador de pratos antes de se tornar um respeitado crítico. O cineasta chamou a atenção logo com seu primeiro longa-metragem de ficção, Crime e Castigo (1983), versão livre do clássico de Dostoiévski, com personagens representando pessoas comuns, diálogos resumidos ao essencial para que a história seja compreensível, e o uso constante de planos gerais com longa duração.

Programação:

28 de julho (terça-feira)
15h – Total Balalaika Show (Cor, Finlândia, 1994, 54 minutos. 10 anos).
Sinopse: documentário sobre o show realizado em Helsinque, em junho de 1993, pela banda de rock Leningrad Cowboys junto com o Coro Alexandrov, de cem cantores, e quarenta músicos e vinte dançarinos do Corpo de Dança do Exército Vermelho.

15h – Dogs Have no Hell (Cor, Finlândia, 2002, 10 minutos. 14 anos).
Sinopse: depois de sair da cadeia, homem sonha com um futuro melhor nos campos de petróleo da Sibéria. Episódio de Kaurismaki no longa Ten Minutes Older – The Trumphet, que o finlandês assinou ao lado de Chen Kaige, Jim Jarmusch, Spike Lee, Spike Lee, Víctor Erice, Werner Herzog, Wim Wenders. Mostra Um Certain Regard – Festival de Cannes.

15h – Bico (Cor, Portugal, 2004, 6 minutos. 14 anos).
Sinopse: documentário lírico sobre uma pequena aldeia nas montanhas. Bico faz parte do longa-metragem Visões da Europa que reúne curtas de 26 cineastas de diferentes partes do continente.

17h – Os Leningrados Cowboys encontram Moisés (Cor, Finlândia-Alemanha-França, 1984, 93 minutos. 10 anos).
Sinopse: depois de anos tentando a sorte no México, banda resolve voltar a Sibéria natal. Mas tudo se complica quando passam a ser perseguidos pela CIA, que está à procura do nariz roubado da estátua da Liberdade

19h – Os Leningrados Cowboys vão para a América (Cor, Finlândia-Suécia, 1989, 78 minutos. 10 anos).
Sinopse: banda de rock russa fictícia Leningrad Cowboys faz uma turnê pelos Estados Unidos promovida por um empresário trapalhão.

29 de julho (quarta-feira)
15h – Calamari Union (P&B, Finlândia, 1985, 93 minutos. 14 anos).
Sinopse: grupo de finlandeses, onde todos se chamam Frank e moram num subúrbio pobre de Helsinque, decide ir viver na área rica da cidade em busca de uma vida melhor.

17h – Se Cuida, Tatiana (P&B, Finlândia-Alemanha, 1994, 60 minutos. 14 anos).
Sinopse: dois amigos rodam a esmo por Helsinque até que encontram duas turistas, uma russa e outra estoniana.

17h – Valimo (Cor, Finlândia, 2007, 3 minutos.14 anos).
Sinopse: Valimo é o episódio de Kaurismaki no longa Cada um com seu Cinema que reuniu curtas de três minutos do duração de 33 cineastas de todo o mundo. O filme foi feito em comemoração ao 60° do Festival de Cannes.

19h – O Porto (Cor, Finlândia-Alemanha-França, 2011, 93 minutos. 14 anos).
Sinopse: Enquanto sua esposa está hospitalizada com câncer, engraxate francês esconde um menino, imigrante africano ilegal, da polícia.

30 de julho (quinta-feira)
15h – Contratei um Matador Profissional. (Cor, Finlândia-Reino Unido-Alemanha-Suécia-França, 1990, 79 minutos. 14 anos).

17h – Juha (P&B, Finlândia, 1998, 78 minutos. 14 anos).
Sinopse: uma dona-de-casa simplória é seduzida por um charmoso trapaceiro e abandona seu casamento. Prêmio CICAE - Menção Honrosa - Festival de Berlim

17h – Rich Little Bitch (Cor, Finlândia, 1987, 6 minutos. 14 anos).
Sinopse: a banda de rock finlandesa Melrose toca uma música de seu repertório em registro feito durante as filmagens de Hamlet Vai à Luta.

19h – Crime e Castigo (Cor, Finlândia, 1983, 93 minutos. 14 anos).
Sinopse: empregado de um matadouro comete um crime e enquanto a polícia faz a investigação, conhece uma jovem que mudará o rumo de sua vida.

31 de julho (sexta-feira)
15h – La Vie de Bohème (P&B, França-Alemanha-Suécia-Finlândia, 1992, 100 minutos. 14 anos).
Sinopse: três artistas, pobres e boêmios, fazem o que podem para viver em Paris. Prêmio da Crítica Internacional - Festival de Berlim.

17h – Hamlet Vai à Luta (P&B, Finlândia, 1987, 87 minutos. 10 anos).
Sinopse: após a morte do pai, o jovem Hamlet herda seu lugar na empresa controlada pelo tio.

17h – Thru The Wire (P&B, Finlândia, 1987, 6 minutos. 14 anos).
Sinopse: homem foge da prisão e procura sua namorada em bares e boates.

19h – O Homem Sem Passado (Cor, Finlândia-Alemanha-França, 2002, 97 minutos. 14 anos).
Sinopse: homem perde a memória ao ser agredido durante um assalto e passa a ter dificuldades para sobreviver. Até encontrar o amor com uma funcionária do Exército da Salvação. Melhor Atriz (Kati Outnen), Grande Prêmio do Júri, Prêmio do Júri Ecumênico - Festival de Cannes, Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

1 de agosto (sábado)
15h – O Porto (Cor, Finlândia-Alemanha-França, 2011, 93 minutos. 14 anos).
Sinopse: enquanto sua esposa está hospitalizada com câncer, engraxate francês esconde um menino, imigrante africano ilegal, da polícia.

17h – Luzes na Escuridão (Cor, Finlândia-Alemanha-França, 2006, 78 minutos. 14 anos).
Sinopse: guarda-noturno solitário de um shopping de Helsinque se envolve com uma linda loira misteriosa.

19h – Nuvens Passageiras (Cor, Finlândia, 1996, 96 minutos. 14 anos).
Sinopse: marido e mulher perdem seus empregos praticamente ao mesmo tempo. Orgulhosos demais para ficarem dependentes do seguro desemprego, tentam um emprego após o outro, sem sorte. Prêmio do Júri Ecumênico - Festival de Cannes, Prêmio do Público - Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

2 de agosto (domingo)
15h - Ariel (Cor, Finlândia, 1988, 73 minutos. 14 anos).
Sinopse: mineiro perde o pai e é preso por um crime que não cometeu. Na cadeia, começa a sonhar com uma nova vida em outro país e planeja escapar da prisão.

15h – Rocky VI (P&B, Finlândia,, 1986, 9 minutos. 14 anos)
Sinopse: Rocky defende o mundo livre e luta contra um enorme rival soviético. Sátira aos filmes de Sylvester Stallone.

17h – A Garota da Fábrica de Caixas de Fósforos (Cor, Finlândia-Suécia, 1990, 68 minutos. 14 anos).
Sinopse: funcionária de uma fábrica tem sua vida monótona modificada quando um homem galanteador se interessa por ela. Mas, grávida e feliz, decepciona-se quando o amado envia um cheque para o aborto.

17h – L . A . Woman (Cor, Finlândia,, 1987, 5 minutos. 14 anos).
Sinopse: os Leningrad Cowboys interpretam um clássico do conjunto de rock americano The Doors.

19h – Sombras no Paraíso (Cor, Finlândia, 1968, 76 minutos. 14 anos).
Sinopse: a história de amor entre um motorista de caminhão de lixo e a caixa de um supermercado complica-se quando ela, ao ser despedida, resolve roubar o patrão e ele envolve-se na morte de um colega.

19h – These Boots (Cor, Finlândia, 1992, 6 minutos. 14 anos).
Sinopse: a “história da Finlândia de 1952 a 1969” é contada neste curta que mostra o principais eventos da vida de um homem: seu nascimento, os anos escolares, o casamento. Membros do Leningrad Cowboys interprentam os principais papéis e cantam a música tema, uma versão de These Boots Are Made for Walkin’, classico pop de Nancy Sinatra.

Serviço
De terça a domingo, em horários conforme a programação
Local:Caixa Cultural Rio de Janeiro (Cinema 1) - Av. Almirante Barroso, 25, Centro
Telefone: (21) 3980-3815
Lotação: 78 lugares (mais três para cadeirantes)
Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!