Ana Carolina vai do funk ao samba no show ‘#AC Ao Vivo’ no Rio

Por Rodrigo Vianna


Ana Carolina se apresentou no Vivo Rio (Foto: Ricardo Nunes/Divulgação)

Não tem como negar. A paixão dos fãs pela cantora Ana Carolina vai além de uma voz bonita. Simpatia, simplicidade e identificação com o público fazem dessa artista um ídolo, e a prova disso foram os shows lotados na sexta-feira (8) e sábado (9), no Vivo Rio, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. Ana Carolina voltou à Cidade Maravilhosa, dessa vez com o show de lançamento do CD/DVD “#AC Ao Vivo”. O lançamento aconteceu no dia 21 de março, em São Paulo.

Com concepção da própria cantora e direção de Monique Gardenberg, o show conta com sucessos de todas as fases dos mais de 15 anos de carreira da cantora. Além disso, a turnê conta também com três novidades: “Fire”, de Bruce Springsteen; uma versão bem humorada para a música “Periguete”, de MC Papo, como mashup com“Você não vale nada”, hit do grupo Calcinha Preta, composto por Dorgival Dantas; e uma nova e aplaudida versão de “Coração Selvagem” de Belchior.

(Foto: Ricardo Nunes/Divulgação)
O trabalho, que é uma reunião das canções do último álbum da cantora, lançado em 2013, com grandes hits e canções inéditas, chegou às lojas de todo o país em abril. O CD/DVD “#AC ao vivo” saiu em três formatos – DVD, CD duplo em edição especial (o show completo) e CD com 14 faixas.

A diretora Monique Gardenberg volta a trabalhar com Ana depois de tê-la dirigido no show “Dois Quartos” e nos DVDs “Estampado” e “9 + 1”. "#AC Ao Vivo" conta com inserções de vídeos que tiveram a edição e direção de Ana Carolina e filmagens de Monique Gardenberg, especialmente criados para o espetáculo. Para o tango eletrônico “Mais forte”, por exemplo, Monique trouxe da Argentina uma dupla de renomados dançarinos de tango, Ollantay Rojas e Lisandro Eberle, e uma filmagem da dupla passa nos telões do show.

A sonoridade também ganhou uma nova roupagem, com diversas interferências de beats, samplers, scratchs e vinhetas, além da utilização de instrumentos tecnológicos. O setlist mistura canções de seu último álbum, #AC, com versões novas de antigos sucessos de todas as fases dos mais de 15 anos de carreira da cantora.

O show
No palco, Ana Carolina está acompanhada de uma banda formada por Pedro Baby, na guitarra, Edu Krieger, no baixo, Carlos Trilha, nos teclados, e Leo Reis, na bateria e percussão. Além disso, o DJ Mikael Mutti, que já trabalhou com John Legend e Stevie Wonder, completa o elenco de #AC.

“#AC” é o sexto disco de inéditas da carreira de Ana Carolina e foi o primeiro álbum disponibilizado por um artista nacional através de streaming no iTunes. O trabalho tem parcerias da cantora com nomes como Guinga, (“Leveza de Valsa”, que ganhou um clipe dirigido pela própria artista), Edu Krieger, Chiara Civello, Antonio Villeroy, o italiano Bungaro, Rodrigo Pitta, Moreno Veloso e Carlos Rennó.  “#AC” foi indicado pelo Grammy Latino para concorrer ao prêmio de Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro 2014.

(Foto: Ricardo Nunes/Divulgação)

Produzido por Alê Siqueira e Ana Carolina, “#AC” foi uma incursão da cantora em temas e sonoridade contemporânea – o álbum traz grooves e scratchs comandados pelo badalado DJ Cia, dividindo os créditos com um time de instrumentistas de primeira linha da música nacional. Além disso, traz participações do cantor e compositor Chico Buarque, que está presente na faixa “Resposta da Rita”, deGuinga (em “Leveza de Valsa”) e da italiana Chiara Civello (“Um Sueño Bajo El Agua”).
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!