'SamBra' emociona com grande homenagem aos 100 anos do samba

Por Pablo Pêgas

Diogo Nogueira estreia como ator em "SamBra" (Foto: Mariana Cardinot/Nó Produções)

O Contracenarte esteve presente no ensaio aberto do novo musical da Aventura Entretenimento, "SamBra", e guardamos esse texto para publicar agora que o espetáculo está em cartaz no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. A ideia do musical é contar a história do samba e da sua relação com as pessoas passando por lugares do Rio de Janeiro e revivendo importantes personagens que ajudaram a manter acesa a chama desse gênero musical que esquenta qualquer festa em qualquer lugar do mundo. Nós separamos três razões para você não perder a curta temporada desse maravilhoso espetáculo:

GALERIA DE FOTOS: VEJA CENAS DO MUSICAL SAMBRA

Primeiro de tudo, não tem como - NÃO TEM - você vai cantar a maioria das músicas, e se você não souber alguma, alguém vai saber (as pessoas sentadas do seu lado, atrás de você, na frente, enfim, alguém vai cantar). Não traga pose de Theatro Municipal e nem carregue a vergonha no bolso, deixa em casa, porque o lance mesmo é sair da cadeira pra dançar e cantar, porque afinal é de samba que a gente tá falando. 

(Foto: Mariana Cardinot/Nó Produções)

Segundo: o elenco é puro talento e não vai deixar você dizer: “ai, essa cena tá meio cansativa”. É sério, gente, quando você achar que o negócio tá bom, chega uma cerveja gelada e uma porção de batata frita pra ficar melhor ainda, daí você satisfeito, acha que tá tudo ótimo, só que ainda vem a feijoada com a farofa esperta, e você de repente tá achando que é uma das coisas mais maravilhosas que você já viu. Ah, e para a felicidade da mulherada, temos Diogo Nogueira como parte do elenco e contador dessa história. - Ouço gritos?

Terceiro: é pra se emocionar também. Não vem achando que vai ser tudo moleza, porque vão ter umas histórias pra emocionar. Guarde o lenço pra duas cenas em especial: a homenagem para Beth Carvalho, que estava no dia em que fomos assistir e fez todo mundo levantar e aplaudi-la de pé fazendo com que a atriz que a representa em cena se emocionasse e quase não conseguisse voltar a cantar. 

(Foto: Mariana Cardinot/Nó Produções)

Cena dois: quando todo mundo já tá se amando e conectado trocando energia, quando o final está próximo, de repente entra uma jovem atriz como quem não quer nada pra contar um histórinha sobre a Portela, e aí, meu caro expectador, é a “hora que barraco desabou e o meu barco se perdeu”, é a coisa mais linda de se ver. O menino samba se apaixona pela linda carnaval e o que veio disso, a gente acompanha todo o ano em fevereiro. 

A criatividade do diretor e autor da peça, Gustavo Gasparani, é sem duvidas, uma das peças responsáveis por manter o alicerce do teatro carioca. Tivemos a oportunidade de sentar perto dele e acompanhar toda a ansiedade, o nervosismo e a felicidade de alguém que junto com uma equipe talentosa trouxe para os palcos essa linda história que retrata a nossa relação com o samba. Infelizmente, esse espetáculo brasileiro terá poucas apresentações, então, meu caro, tem que correr pra assistir. SamBra fica só até neste domingo (22) no Vivo Rio, depois é a vez dos paulistas, que podem conferir o musical do dia 26/03 até o dia 29/03.

ASSISTA NO PLAYER ABAIXO DIOGO NOGUEIRA EM "SAMBRA"



Serviço:

“SamBra”

Rio de Janeiro

Data: 22 de março, domingo
Local: Vivo Rio (Avenida Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo)
Horario: 20h00
Classificação: 16 anos
Ingressos: entre R$ 50 e R$ 200

São Paulo

Data: 26 de março, quinta-feira
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo)
Horário: 21h30
Abertura da casa: 19h
Classificação: 14 anos

Data: 27 de março, sexta-feira
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo)
Horário: 22h30
Abertura da casa: 20h
Classificação: 14 anos

Data: 28 de março, sábado
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo)
Horário: 22h30
Abertura da casa: 20h
Classificação: 14 anos

Data: 29 de março, domingo
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo)
Horário: 20h
Abertura da casa: 18h
Classificação: 14 anos 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!