Rodrigo Fragoso lança novo álbum ‘Quando me conhecer’ em Botafogo

Rodrigo Fragoso (Foto: Divulgação)
Rodrigo Fragoso lança o seu novo álbum "Quando me conhecer", neste sábado (27), às 20h30, no Teatro Solar de Botafogo, em Botafogo, no Rio de Janeiro. Além de faixas do disco, como ‘Até se o dia não voltar’, ‘O que a paz não é’ e ‘Benjamin’, o roteiro incluiu sucessos de outros artistas, como ‘True Colors’ (Billy Steinberg/ Tom Kelly), ‘Conselho’ (Adilson Bispo/ J. Roberto), ‘I Want You Back’ (The Corporation), ‘A Cura’ (Lulu Santos) e ‘Ideologia’ (Cazuza/ Frejat) e contará com participações especiais como a do irmão, o ator Thiago Fragoso e do músico Rafael Nascimento (trompete). 

“Eu sempre cantei. Cantava no chuveiro, em todos os cômodos da casa, cantava nos intervalos das aulas (e, às vezes até durante), cantava na hora do recreio, na rua... Estava sempre cantando”. Nascido na cidade de Clermont-Ferrand, na França, Rodrigo Fragoso cresceu no bairro carioca da Tijuca, fazendo música, jogando bola, praticando capoeira, ginástica olímpica, natação, escoteirismo. Também estudava flauta e saxofone, que mais tarde seriam trocados pelo violão. Uma juventude cheia de atividades, típica de parte daquela geração nascida nos anos 1980 (ele é de 1983). Formado em Direito, profissão exercida pelo avô materno, curiosamente o maior incentivador para que o neto abraçasse a carreira artística. 

A MPB e a Bossa Nova, ouvidas pelo pai, foram as influências iniciais, mas foi o rock and roll, que chegou aos seus ouvidos através do irmão, o futuro ator Thiago Fragoso (“Ele sempre chegava da escola com um CD novo e botava para tocar nas alturas”) que conquistou Rodrigo. Um novo mundo abriu-se para o adolescente. Renato Russo, Cazuza e Arnaldo Antunes passaram a influenciar o participante de concursos de poesia, que começou a compor suas próprias músicas. Vieram as bandas, formadas com os amigos, entre elas, uma apropriadamente chamada ‘Menino Prodígio’, com a qual Rodrigo venceu sete, dos oito festivais disputados. Muita estrada – alguns desenganos – e apresentações em bares e casas noturnas prepararam o jovem artista de voz firme e rascante para o próximo passo: a carreira solo.

‘Quando me conhecer’ é o nome do álbum de estreia de Rodrigo Fragoso. Produzido e arranjado por Vini Lobo, com participações especiais dos músicos Chico Chagas (acordeom) e Marcos Suzano (pandeiro), o disco foi mixado por Fabrício Mattos, que já trabalhou com artistas como Tiago Iorc, Ritchie e Leoni, e masterizado pelo lendário engenheiro de som Ted Jensen, presente em produções de John Mayer, Paul McCartney e David Mattews Band. Despudoradamente pessoal ao tratar de questões universais, o papo de Rodrigo é reto em canções cujas letras, algumas vezes extensas, são sempre intensas.   

O amor familiar transborda em ‘Benjamin’, música composta para o sobrinho, filho do irmão Thiago Fragoso, que participa da faixa. Já ‘Até se o dia não voltar’ sugere leituras diversas, tanto pode ser uma canção sobre o amor entre mãe e filho, como poder ser sobre o amor romântico. ‘Vai ter que me ouvir’ encerra o disco com dura critica à cultura pop contemporânea e seus sinuosos (des)caminhos rumo ao estrelato. Cheio de vigor, Rodrigo Fragoso chega ao primeiro disco com a mesma disposição do garoto tijucano que se atirava sem medo às novas descobertas. Certamente um novo público será conquistado quando o conhecer.

A banda:

Rodrigo Fragoso - Voz e Violão
Vini Lobo - Baixo e Direção Musical
Juno Moraes - Guitarra
Tiago Rudrea - Teclados
Teteu – Bateria

Serviço: 

Onde: Teatro Solar de Botafogo - Rua General Polidoro, 180, Botafogo. Telefone: (21) 2543-5411.
Quando: 27 de Dezembro | Horário: 20:30
Quanto: R$ 50,00 ( Inteira) e R$ 25,00 (Meia)
Capacidade do Teatro no Show: 300 pessoas (Pista Livre embaixo e Cadeiras em cima).
Censura: 14 anos.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!