‘The Lumineers’ empolga com show suave, romântico e leve no Rio

Por Ana Pies


"The Lumineers" se apresentou no Vivo Rio (Foto: Carlos Mafort/Contracenarte)

Suave, romântico e leve. Assim foi o show da banda ‘The Lumineers’, na noite de sexta-feira (28), no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. Formada em New Jersey e atualmente baseada em Denver, no estado norte-americano do Colorado, “The Lumineers” não chegou a lotar a casa de espetáculos, mas agradou o público, em sua maioria casais, proporcionando uma noite romântica e bem a animada. A plateia respondeu à altura dos músicos. Quem estava lá, sabia muito bem por que foi e por quem foi.

GALERIA DE FOTOS: Confira as fotos do show do "The Lumineers" no Vivo Rio

O show de abertura foi cortesia da banda “Suricato”, que começou a apresentação com muita animação e divertimento, preparando e aquecendo o público para o que estava por vir. Mostrando empolgação, a banda revelada no reality “Superstars” mostrou feliz por estar presente naquele ambiente tão cômodo. E não poderia ter tido melhor escolha para uma banda de abertura. A alegria vibrante da banda Suricato contrapôs com muito sucesso a energia afetiva que The Lumineers viria nos proporcionar.

(Foto: Carlos Mafort/Contracenarte)

“The Lumineers” abriu a noite com “Classy Girl” e a energia com que se expôs consolidou e direcionou o carisma performático que se desenrola pela noite. Não digo isso por uma escolha particular de elegê-la a minha música favorita, mas pelo sorriso inevitável que me veio quando ouvi e senti a felicidade da audiência no momento que Wesley (vocalista) começou a cantar. A iluminação estava linda e compunha muito bem o espaço.

De Bob Dylan a Talking Heads
Dessa forma, seguiu o show. Os artistas nos prestigiaram com covers do Bob Dylan e do Sawmill Joe e até do Talking Heads, e a possibilidade de ver a bela Neyla (vocalista e violoncelista) dançar alegremente durante cada apresentação encantava ainda mais. Se tratou, em sua maioria, de uma troca. Os integrantes do The Lumineers se entregavam ao público, homenageando o Brasil com uma bandeira.

(Foto: Carlos Mafort/Contracenarte)

Wesley e o Jeremiah (baterista) se ergueram entre o público para tocar no meio da pista, interagindo com quem estava mais próximo. Um momento mais pessoal, caracterizava o show. Ficaram lá, se divertindo com a audiência e com a música, cantando e tocando “Darlene” e “Flapper Girl”. Voltaram do centro da pista contentes, e se preparam para a última performance onde todos os componentes do grupo se posicionam na linha de frente.

Com animo, a banda tocou “Submarines” e encerrou o show com o mesmo carisma com que começou. Não foi surpresa, porém ouvir os pedidos fervorosos por um encore. Voltaram, contentes, tocando “Morning Song” e “Big Parade”, sucessos do álbum, além de outras e ainda alegraram os fãs tacando aviões de papéis pelos ares. Não meço palavras para frisar o quão delicioso foi ver esse grupo de perto. Para os que perderam, um triste sorriso de quem não consegue omitir o lamento. Eu, assim como todos os fãs, esperamos ansiosos a próxima oportunidade.

A banda
No Brasil, “The Lumineers” tornou-se uma referência musical quando uma de suas músicas fez parte da trilha sonora de uma novela da Globo. “Ho Hey”, principal single da banda, rapidamente virou febre, encantando a todos os gostos musicais. The Lumineers não se trata somente de uma banda tendência, mas de um comprometimento artístico que, em cada música, passa um envolvimento que permite ao ouvinte deliciar-se de uma energia da mais agradável doçura. 

Confiram o setlist do show do “The Lumineers” no Vivo Rio:

Classy Girls
Ain't Nobody's Problem
(Sawmill Joe cover)
Flowers in Your Hair 
Ho Hey 
Subterranean Homesick Blues 
(Bob Dylan cover)
Dead Sea 
Slow It Down 
Duet (Falling in Love) 
Charlie Boy
Darlene
(Played in the crowd)
Flapper Girl 
(Played in the crowd)
Stubborn Love 
Submarines

Encore:

Morning Song
This Must Be the Place (Naive Melody) 
(Talking Heads cover)
Gale Song 
Big Parade
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!