Rodrigo Vellozo lança seu primeiro single 'O Amor'; Ouça!

Por João Guerra
Rodrigo Velloso (foto: Divulgação)
Em 2014, Rodrigo Vellozo lança seu primeiro EP de quatro músicas e, mais maduro musicalmente, estabelece o início de sua carreira na música romântica. Incentivado por seu diretor musical, Fábio Cadore, que, ao ler as composições feitas por Rodrigo ao longo da carreira, percebeu o distanciamento do samba e a aproximação ao pop romântico, incentivando-o a gravar um disco totalmente diferente dos anteriores.

Seu primeiro single “O Amor”, é uma canção que mostra o gênero em sua forma mais natural. A música exalta todos os tipos de amor e, com melodia doce e crescente, é uma declaração de amor aos corações mais apaixonados. Com composição própria, a música dirigida e produzida por Fabio Cadore, será lançada no segundo semestre de 2014. A faixa foi escolhida para ser seu primeiro single por se aproximar da mensagem que Rodrigo quer passar com esse novo trabalho. 

Assista no player abaixo o clipe de "O Amor" lançado hoje: 



  "O Amor"
Letra e música: Rodrigo Vellozo
Voz, Piano, Coro: Rodrigo Vellozo
Violão, Coro: Fábio Cadore
Guitarras: Conrado Goya
Baixo: Serginho Carvalho
Bateria: Thiago "Big" Rabello
Percussões: Orlando Costa Marcolino
Direção musical: Fábio Cadore

“Acredito no amor como uma maneira de vivermos uma vida tranquila e feliz. É um sentimento que se sente de forma leve, intensa e duradoura. Quando há amor, há esperança, apesar das dificuldades. O amor é o que temos de mais precioso na vida, ele nos aproxima da felicidade plena. Eu acredito e canto isso!”, completa Rodrigo Vellozo.   

Rodrigo Vellozo (foto: Divulgação)
Nascido em São Paulo, em 1982, o aquariano Rodrigo Velozzo começou a cantar muito jovem. Filho de Benito di Paula - um dos maiores sambistas do Brasil, Rodrigo desenvolveu a paixão pela música intuitivamente, já que cresceu em uma família de músicos. Seu primeiro contato profissional com a música foi aos quatro anos de idade com a gravação do tema da Campanha da Fraternidade de 1986, o “Samba de São Francisco”,  juntamente com Benito. Desde então, Rodrigo acompanha o pai em shows e apresentações por todo o Brasil, colocando em prática tudo o que aprendeu em casa.

Além do pai, o cantor tem como referência musical grandes nomes da música como, Elis Regina, Elizeth Cardoso, João Gilberto, entre outros. Vivendo parte de sua vida no Rio de Janeiro, onde adquiriu grande paixão por Jazz, Blues e Música Clássica. Tendo como referências Beethoven, Villa Lobos, Oscar Peterson, Keith Jarret, Aretha Franklin, além de sua grande inspiração, Ella Fitzgerald, ele se tornou compositor. Fascinado por música pop, Rodrigo traz em suas composições a qualidade musical destes grandes nomes e a versatilidade dos atuais sucessos da música pop como, Beyonce, Sia, John Mayer, John Legend, Jamie Cullum, Radiohead, Bruno Mars, entre outros, em canções que unem aspectos artísticos e mercadológicos. 

Em seu currículo, Rodrigo coleciona trabalhos de grande destaque como a “Virada Cultural” de São Paulo em 2009, onde, junto com seu pai, se apresentou para mais de 100 mil pessoas. Ele também trabalhou com Oswaldo Montenegro, nos espetáculos musicais “Tipos” e “ Aldeia dos Ventos”, com apresentações no extinto Canecão e teatro Clara Nunes, no Rio de Janeiro. Seu primeiro CD foi lançado em 2009 e, com o título, “Samba de Câmara”, trouxe músicas autorais e regravações de sambas de sucesso. No mesmo ano, Rodrigo participou da gravação do DVD de seu pai “Benito di Paula -  Ao Vivo”, no Rio de Janeiro. Seu segundo CD foi lançado em 2013, como uma homenagem. O álbum chamado “Como é Bonito, Benito”, trouxe regravações das músicas de maior sucesso da carreira de seu pai, o que lhe rendeu uma turnê nacional, incluindo a apresentação na "Virada Cultural" de 2013, com um show homônimo. 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!