'Elis, A Musical' reestreia no Rio com novidades no elenco

"Elis, A Musical" reestreou  no Rio no dia 30 (Foto: Reprodução)

Depois de uma turnê de sucesso pelo país e temporada em São Paulo, o espetáculo "Elis, A Musical" está de volta à Cidade Maravilhosa. O musical reestreou na quinta-feira (30), no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Vista por 200 mil espectadores, a superprodução da Aventura Entretenimento, em parceria com Buenos Dias e MRG, chega com parte do elenco renovado. Entre os novos rostos está o ator Tuca Andrada, no papel de Ronaldo Bôscoli, que respondeu às expectativas, e deu show de interpretação.


A atriz Laila Garin, ganhadora do Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Atriz, segue brilhante no papel de Elis Regina. O espetáculo tem direção de Dennis Carvalho. O Contracenarte esteve conferiu de perto a volta do espetáculo na sessão de sábado (1). “Elis, A musical” volta à cidade para temporada de quatro meses. No total, o musical teve um investimento de R$ 10 milhões para recriar momentos da vida e da trajetória da cantora gaúcha.

(Foto: Divulgação)

O espetáculo tem texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade, e conta com Dennis Carvalho em sua primeira direção para o teatro. A equipe também traz nomes como Delia Fischer (Direção Musical e Arranjos), Alonso Barros (Coreografia e Direção de Movimento), Marcos Flaksman (Direção de Arte e Cenografia), Maneco Quinderé (Desenho de Luz), Marília Carneiro (Figurino), Beto Carramanhos (Visagismo) e Marcela Altberg (Produção de Elenco), entre outros.

As atrizes Laila Garin e Lílian Menezes se alternam na interpretação da cantora gaúcha; os papéis de Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, os dois maridos de Elis, são interpretados por Tuca Andrada e Claudio Lins, respectivamente. Outros 16 atores se revezam em vários papéis, em uma história que leva para o palco diversas figuras importantes da cultura nacional como Miéle, Jair Rodrigues, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Ronaldo Bôscoli, Cesar Camargo Mariano e Lennie Dale, entre muitos outros.

(Foto: Divulgação)

Canções que emocionam
O musical emociona ao apresentar as canções que se tornaram grandes sucessos na voz de Elis Regina, como “Arrastão”, “Casa no campo”, “Águas de março”, “Dois pra lá, dois pra cá”, “Como Nossos Pais”, “Aos Nossos Filhos”, “Fascinação”, “O Bêbado e o Equilibrista”, “Madalena”, “O Trem Azul” e “Redescobrir”. São ao todo 51 obras que integram o repertório do espetáculo, entre músicas, medleys e vinhetas.

Em suas temporadas nos palcos brasileiros, o espetáculo se transformou em um dos maiores sucessos de público e crítica da temporada 2013 e 2014. O musical recebeu o Prêmio Shell de Teatro de Melhor Atriz para Laila Garin, o Prêmio Cesgranrio Melhor Atriz para Laila Garin e melhor Direção Musical para Delia Fischer, além do Prêmio Quem de Teatro (Laila Garin, melhor Atriz) e Prêmio APTR (Melhor Produção).

(Foto: Divulgação)

Construindo Elis
“Elis, A musical” surgiu de um texto escrito por Nelson Motta e Patricia Andrade, que ao serem convidados pelos produtores do espetáculo, já escreviam um roteiro sobre a vida da cantora para o cinema. Nelson acompanhou de perto a vida e carreira de Elis, tendo sido seu amigo e produtor. “Trinta anos depois de sua morte, ela continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. O convite para escrever o musical me deixou imensamente feliz”, atesta ele. Na direção do musical, outro amigo de longa data da cantora, Dennis Carvalho, que pela primeira vez dirige um espetáculo teatral. “Eu a conheci através de Milton Nascimento e logo me tornei seu fã. Ela foi simplesmente a melhor cantora do Brasil”, afirma Dennis.

As audições para a escolha do elenco duraram quase um mês, com mais de três mil inscritos disputando os papéis. Só para viver a personagem título, mais de 200 candidatas foram testadas, e sete chegaram à fase final, tendo sido Laila Garin e Lílian Menezes as escolhidas.

(Foto: Divulgação)

Além das duas, estão no elenco Tuca Andrada e Claudio Lins, que vivem Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, maridos de Elis; Caike Luna como Luiz Carlos Miele e Paulo Francis; Reynaldo Machado, como Jair Rodrigues; Lenadro Melo, como Lennie Dale; Leo Diniz como Tom Jobim; Rafael de Castro como Marcos Lázaro; Pablo Áscoli como Henfil; Ricardo Vieira e Aurora Dias, como os pais de Elis; Guilherme Logullo como Pierre Barrouh; Thiago Marinho como Nelson Motta e ainda, Alessandro Brandão, Lincoln Tornado, Juliana Marins, Lana Rhodes, Leo Wagner e Marcos Lanza.

Os ensaios de “Elis, A musical” duraram 80 dias, com todo o elenco passando diariamente por aulas de canto, interpretação e expressão corporal, além de workshops. Uma das mais importantes produções da Aventura Entretenimento e da Buenos Dias até agora, “Elis, A musical” tem 19 atores em cena, uma banda com 9 músicos e 265 pessoas envolvidas na produção para recriar no palco cerca de 20 anos de história. Só para reviver a “Pimentinha”, as atrizes usam três diferentes perucas, sendo uma delas confeccionada especialmente fio a fio.

Em busca de temas e inspiração genuinamente nacionais para o cada vez mais crescente mercado de musicais, a Aventura Entretenimento desenvolveu a Trilogia “Uma Aventura Brasileira”, da qual “Elis, A musical” é a primeira parte. A plataforma tem ainda a montagem de “Se eu fosse você, o musical”, primeira adaptação da produção cinematográfica homônima, que traz para os palcos a segunda maior bilheteria da história do cinema nacional, em cartaz em São Paulo, e “Chacrinha, o musical”, que contará a história do Velho Guerreiro, o maior comunicador da TV brasileira e líder de audiência por mais de uma década, em um espetáculo escrito por Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, direção de Andrucha Waddington e repleto de músicas, bastidores e curiosidades da TV e dos artistas nacionais (a estreia será em novembro, no Rio de Janeiro).

(Foto: Reprodução/Internet)

Ficha Técnica:

Texto –  Nelson Motta e Patrícia Andrade
Direção – Dennis Carvalho
Direção de movimento e coreografia – Alonso Barros
Direção Musical e arranjos – Delia Fischer
Direção de arte e cenografia – Marcos Flaksman
Figurino – Marilia Carneiro
Visagismo – Beto Carramanhos
Design de som – Carlos Esteves
Desenho de luz – Maneco Quinderé
Produção de elenco  – Marcela Altberg
Elenco – Laila Garin, Lilian Menezes, Tuca Andrada, Claudio Lins, Caike Luna, Rafael de Castro, Reynaldo Machado, Leandro Melo, Ricardo Vieira, Leo Diniz, Pablo Áscoli, Aurora Dias, Guilherme Logullo, Alessandro Brandão, Lincoln Tornado, Thiago Marinho, Juliana Marins, Lana Rhodes, Marcos Lanza e Leo Wagner.
Realização – Aventura Entretenimento

Serviço:

“Elis, A Musical”

Data: de 30/10/2014 a 08/02/2015
Local: Oi Casa Grande - Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – Leblon
Telefone: (21) 2511-0800
Horários:
Quinta-Feira e Sexta-feira – 21h
Sábado – 17h (a partir de 8/11) e 21h
Domingo - até o dia 13/12 às 19h / a partir de 14/12 às 16h
Duração: 3h (com intervalo de 15 min) – 150 minutos
Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.

Ingressos:

Quinta-feira – 21h
VIP (fila C a L) - R$ 160
Camarote – R$ 160
Plateia setor 1 (fila A e B + M a T): R$ 130
Balcão setor 2 (fila A a J): R$ 80
Balcão setor 3 (fila K a N): R$ 60

Sexta-feira – 21h
VIP (fila C a L) - R$ 170
Camarote – R$ 170
Plateia setor 1 (fila A e B + M a T): R$ 140
Balcão setor 2 (fila A a J): R$ 100
Balcão setor 3 (fila K a N): R$ 70

Sábado – 17h e 21h & Domingo – 19h ou 16h
VIP (fila C a L) - R$ 190
Camarote – R$ 190
Plateia setor 1 (fila A e B + M a T): R$ 160
Balcão setor 2 (fila A a J): R$ 110
Balcão setor 3 (fila K a N): R$ 80
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!