Sublime With Rome volta ao Rio em 2015, no Citibank Hall

Sublime With Rome vem ao Rio trazendo seus sucessos (foto: divulgação)


A banda Sublime with Rome retornará ao Brasil em 2015 nas cidades de São Paulo e no Rio de Janeiro (Citibank Hall) no dia 29 de janeiro. Erick Wilson, cofundador e baixista, ao lado do cantor e guitarrista Rome e do baterista Josh Freese, prometem agitar o público com os grandes sucessos do Sublime como “Santeria, “Wrong Way” e “What I Got”. A banda americana apresenta em janeiro suas músicas que misturam ska, reggae, punk, surf rock e hip hop. 

Passados mais de 20 anos da formação lendária da banda de ska-punk Sublime, Eric Wilson, conheceu outro vocalista/ guitarrista que iria afetar profundamente sua vida. Esse músico - quase duas décadas mais novo - era Rome Ramirez, de 20 anos de idade. Nas próprias palavras de Wilson, "esse garoto toca guitarra pra caramba e tem uma voz de prêmio de platina". Aliás, Wilson havia inicialmente usado essa mesma descrição para seu ex-companheiro da banda, o falecido Bradley Nowell.

A banda

Formada em Long Beach, Califórnia, em 1988, e com três álbuns lançados (40oz. to Freedom, de 1992, Robbin’ the Hood, de 1994, e Sublime, de 1996), a banda vendeu mais de 17 milhões de cópias. Nowell, vocalista original da banda, morreu de overdose dois meses antes do lançamento do trabalho Sublime, que chegou ao 13º lugar no Top 200 da Billboard, vendeu seis milhões de cópias e lançou sucessos como "What I Got", "Santeria" e "Wrong Way”, que tocam até hoje nas rádios. "Date Rape", de 40oz. to Freedom, é a música mais pedida de todos os tempos na influente estação de rádio de rock de Los Angeles, KROQ. Profundamente afetado pela morte de Nowell, Wilson nunca havia considerado tocar as músicas do Sublime ao vivo sem seu frontman.

Foi necessário o talento e entusiasmo de Rome Ramirez - um garoto genial, “novo no pedaço”, músico e compositor habilidoso - para mudar isso. Rome foi introduzido à música do Sublime por seu tio e atribui à banda a inspiração que teve para começar a aprender a tocar guitarra aos 11 anos de idade. "Foi a primeira vez que eu realmente quis fazer música ao invés de apenas ouvi-la", diz ele. Rome começou a cantar e a compor ainda adolescente e fazia shows solo em torno de Bay Area quando conheceu Wilson (os dois estavam gravando no mesmo estúdio).

A amizade e um vínculo musical foram formados instantaneamente. O primeiro grande show como Sublime with Rome aconteceu em outubro de 2009 no festival anual do Cypress Hill, Smokeout Fest, onde tocaram para 20 mil pessoas. Fizeram uma turnê com shows esgotados em março de 2010, que ficou marcada pelo coro em uníssono do público e pelos mosh-pits fervilhando em cada parada. Naquele outono, Sublime with Rome entrou em estúdio para começar a gravar seu álbum de estreia.

O resultado foi Yours Truly, lançado no verão de 2011. O álbum, produzido por Paul Leary, partiu de onde o Sublime havia parado, construindo do alicerce por eles formado. Isso graças à nova infusão de energia dada por Rome, que trouxe letras, melodias e acordes que ele tinha feito ao longo dos últimos anos. Canções como o primeiro single "Panic" (Top 5 nas paradas da Modern Rock), "Take It Or Leave", e "You Better Listen" são uma lembrança desse Sublime já vintage, enquanto canções como "Lover’s Rock" e "Murdera" vão para uma pegada de reggae no estilo dancehall que a banda tinha começado a explorar em 1996. "Paper Cuts" tem um sabor distinto de punk, enquanto "PCH" e "Spun" nos dão uma sensação de pop-rock.

Com o lançamento do Yours Truly, Sublime with Rome passou o resto do ano em turnê pelo mundo entretendo os fãs com ambas as gerações de sua música (as clássicas e as recém-lançadas), já que muitos nunca tiveram a oportunidade de ouvi-las ao vivo antes. Para completar o processo, a banda apresentou em seu primeiro show de 2012, no Smokeout Festival, o famoso baterista e amigo de longa data, Josh Freese.

Serviço

Sublime With Rome
Data: Quinta-feira, 29 de janeiro de 2015. Às 21h30.
Local: Citibank Hall - Av. Ayrton Senna, 3000 - Shopping Via Parque - Barra da Tijuca.
Ingressos: de R$ 80 a R$ 300
Capacidade: 3.522 pessoas
Classificação etária: De 13 a 15 anos permitida a entrada acompanhado de um responsável. A partir de 16 anos é permitida a entrada desacompanhado

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!