#NoMeuIpod: Alt-J causa rebuliço no mundo indie com seu disco novo

por Marie Linhares


Alt-J (Foto: Reprodução/Internet)

A banda de Leeds, Inglaterra, que vem fazendo um som "moody indie" e confundindo toda a imprensa musical acaba de lançar seu novo álbum, de maneira bem confusa porém intrigante. Depois de lançar a faixa "Hunger Of The Pine", deixando os fãs com um gostinho de quero mais, a banda resolveu lançar mais três faixas: "Arrival In Nara", "Warm Foothills" e "Pusher".

Como um passe de mágica, faltando 12 dias para o lançamento oficial do disco, a banda foi convidada à se apresentar na rádio KCRW, em Los Angeles onde foi divulgar o álbum e falar sobre os novos rumos musicais que ele apresenta. A rádio tem um papel importante na carreira dos caras, pois foi lá que eles tocaram pela primeira vez nos Estados Unidos, divulgando o álbum anterior, "All "An Awesome Wave". Em apresentação após um curto bate-papo, "This Is All Yours" foi tocado na íntegra, em uma performance espetacular do Alt-J. Além de incluir sucesso do disco anterior como "Tessellate" e o single mais novo "Left Hand Free", eles não tocaram a já conhecida "Hunger Of The Pine" - e explicaram o porque.

A performance de "Left Hand Free" pode ser assistida (e muito, muito apreciada) no YouTube. O áudio na íntegra pode ser acessado no site do KCRW. A banda conversa com artistas como James Blake e Sigur Rós nesta session, mesmo em estúdio, o que explica o grande alcance deles dentro e fora do público indie. Musicalmente, se aproximavam muito de bandas como Foals e The Drums, mas esse disco os afastou por completo. Acredito que seja um divisor de águas, by the way. Mesmo confusa, esquisita e desconexa, a Alt-J é a maior prova de que tudo dá certo no final, fazendo um som "limited edition". Chega de mimimi e vamos agradar nosso ouvidos!


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!