Miley Cyrus esbanja carisma e ousadia em show modesto no Rio

Por Rodrigo Vianna

Miley Cyrus atraiu 18 mil fãs à Praça da Apoteose (Foto: Nestor Beremblum/ T4F Divulgação) 

Podem falar o que quiser. Mas Miley Cyrus sabe como promover uma grande festa. Foi isso que aconteceu na noite deste domingo (28), durante a passagem da "Bangerz Tour" pelo Rio de Janeiro. De acordo com os organizadores, 18 mil fãs se reuniram na Praça da Apoteose para assistir à apresentação da cantora norte-americana, que nada lembra aquela garotinha de cabelos castanhos e sorriso angelical que conquistou o mundo com a série "Hanna Montana", da Disney. Aliás, se tem uma coisa que Miley não tem hoje é fama de santinha.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO SHOW DA MILEY CYRUS NO RIO

Impressionante, premiada e recordes são palavras que descrevem perfeitamente a carreira de Miley Cyrus. A cantora mais comentada dos últimos anos no mundo e eleita a artista do ano de 2013 pela MTV volta ao Brasil para apresentações de sua “Bangerz Tour”. Apresentada pela SKY e realização da Time For Fun, o furacão pop se apresentou ainda em São Paulo, no dia 26 de setembro.

(Foto: Nestor Beremblum/ T4F Divulgação)

A turnê, que já lotou 38 shows na América do Norte (outros 9 já confirmados em Agosto) e atualmente percorre diversos países da Europa, vem na esteira do sucesso do quarto CD, Bangerz (2013). O álbum estreou em primeiro lugar em duas paradas da Billboard – TOP 200 Album Chart e Digital Album Chart - com mais de 270 mil álbuns vendidos, além de ter atingido o #1 no iTunes em mais de 70 países, na semana de lançamento.

Em quase duas horas de show, ela mostrou a língua, apertou o bumbum, fez gestos obscenos e até soltou alguns palavrões. Com letras ousadas e polêmicas, Miley apresentou um repertório basicamente voltado à sua nova fase. Se ela queria exorcizar de vez a imagem da "Hanna Montana", conseguiu. Com exceção de "Party in The USA", todas as canções ou estavam nos seus dois últimos álbuns ou eram covers, como "Lucy in the Sky", dos Beatles. A mudança de estilo afastou alguns fãs, mas com certeza atraiu outros, alguns mais adultos do que os fãs teens. 

(Foto: Nestor Beremblum/ T4F Divulgação)

Desde cedo, fãs se aglomeravam do lado de fora da Sapucai. Alguns deles estavam ali há mais de um mês. O sacrifício valeu a pena. O que se viu na Praça da Apoteose na noite deste domingo foi uma grande festa colorida, divertida e de qualidade, mesmo que a estrutura do palco deixasse um pouco a desejar. Aliás, esse foi o ponto fraco do show. Itens como o escorrega em forma de língua e o "cachorro-quente voador" ficaram de fora da apresentação brasileira. Para o artista e produção, uma economia. Para o fã, frustração.

Palhaços macabros
O show de abertura ficou por conta do grupo "A Liga", formado por um quarteto de DJs. Com suas máscaras de palhaços macabra, bem conhecidas de fãs de filmes de terror, o grupo subiu ao palco por volta das 19h45. "A Liga" sacudiu a Apoteose com uma apresentação eletrizante. No palco, Peterson Ungaretti, Victor Guerreiro, Eduardo Cintra e Leopoldo Meira pulavam, puxavam o público e deram um gostinho do que ainda estava por vir. Meia-hora de show foi o suficiente para deixar os fãs empolgados e preparados para receber a estrela da noite. Para quem não conhecia A Liga, como eu, saiu com uma boa impressão.

(Foto: Arquivo pessoal)

A Liga é o atual "queridinho" dos adolescentes por conta da energia que transmitem em seus shows de música eletrônica, que inclui remixes e mash ups. O projeto foi formado em dezembro de 2011 e já se apresentou nas maiores casas noturnas do brasil. Como Green Valley (SC), Planeta Atlantida 2012/13/14 (SC), Confraria Club (SC), DUC (PR), Ministterio (PR), 2ME (SC), Matahari (SC), Cinco Club (BH), Set Club (SP), Pacha Goiania (GO), Provocateur (RS), Pink Elephant (PI),  Lake of Paradise Festival (SC), entre outras. Agora, foi a vez do Rio de Janeiro receber o quarteto.

Sucessos
Miley subiu ao palco às 21h15, ao som de “Bangerz”. Sem o seu tradicional escorrega, ela surgiu por trás de uma cortina prateada. Em seguida, foi a vez de “4 x4” e “Love, Money, Party”. Nesta última, Miley usou uma camisa da Hanna Montana e uma calcinha com estampa de oncinha jogadas por fãs. “Maybe You’re Right”, “FU” e “My Darlin’” vieram em seguida.

(Foto: Nestor Beremblum/ T4F Divulgação)

Antes de cantar “Can’t Be Tamed”, Miley chamou uma fã para subir ao palco. A sortuda foi a paulistana Karolliny Nunes, de 19 anos, que aproveitou o momento para tirar várias selfies com a cantora. Com direito a óculos estiloso e bailarinos, Karolliny dançou e cantou, e ainda foi ovacionada pelo público. Ao Contracenarte, ela contou que foi convidada pela própria Miley a estar no show do Rio após ter sido barrada em São Paulo. A jovem ainda conheceu o camarim da cantora antes da apresentação.

Os mega sucessos “Wrecking Ball” e “We Can’t Stop” não ficaram de fora. Juntos, já venderam mais de 4.3 milhões de cópias somente nos EUA. “Wrecking Ball” chegou a #1 do Billboard Hot 100 e se manteve na posição por duas semanas, sendo o maior sucesso de Miley, quebrando o recorde de “vídeo mais visto da VEVO em menos de 24 horas” (19,3 milhões de visualizações) e seis dias depois, quebrou o de “vídeo mais rápido a chegar em 100 milhões de visualizações”.

(Foto: Nestor Beremblum/ T4F Divulgação)

A turnê, que surpreende pela mega estrutrura de palco, luzes, painéis de LED, entre outras surpresas, tem colecionado elogios da imprensa internacional. Apesar dos problemas técnicos, de estrutura e do baixo público, Miley Cyrus cumpriu o dever de casa, e com certeza marcou sua nova passagem pelo Brasil. Os críticos podem torcer o nariz, os mais céticos podem virar a cara, a Miley Cyrus pode até parecer maluquinha, mas sabe como fazer um show de qualidade. Isso ninguém pode negar.

Confira o setlist do show do Rio:

SMS (Bangerz)
4 x 4
Love, Money, Party
Maybe You're Right
FU
My Darlin'
Metal
Do My Thang
Get it Right
Can't Be Tamed
Adore You
Drive
Lucy in The Sky/Covers
Bakerz Twerk Dance
23
Miley s/m video
On my Own
Someone Else
We Can't Stop
Wrecking Ball
Party in the USA

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Eu ESTAVA No EVENTO Que HOUVE Aqui Em SAO PAULO,
    Ela Me SURPREENDEU Com A VOZ Poderosa...#LACROU

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!