One Direction leva 35 mil fãs ao delírio com samba e nova tattoo no Rio

Por Rodrigo Vianna

One Dorection se apresentou para 35 mil fãs no Rio (Foto: Divulgação/T4f)

 “O melhor show de todos”. Foi assim que os rapazes do One Direction classificaram o show que realizaram na última quinta-feira (8 de maio), no Parque dos Atletas, no Rio de Janeiro, fazendo uma alusão à canção “Best Song Ever”. Com 45 minutos de atraso, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan subiram ao palco ao som de “Midnight Memories”, seguida por “Little Black Dress”, para delírios dos 35 mil fãs.

Veja mais fotos do show do One Direction no Rio

Em sua maioria adolescentes, os “directioners”, como são conhecidos os fãs do One Direction aguardavam ansiosos por este dia. Afinal, foram quatro anos de espera até que a boyband aterrissasse no Brasil. Tal expectativa levou alguns fãs a acamparem em frente ao Parque dos Atletas desde o fim de março. Os portões abriram oficialmente às 15h, mas quem comprou ingresso para a pista premium pôde entrar numa área “pré-palco” mais cedo. Durante o dia, o que se viu, foram muitos adolescentes que passaram mal, a maioria por causa do sol forte e desidratação, mas nada grave.

(Foto: Divulgação/T4f)

O show de abertura ficou por conta da boyband tupiniquim “P9”, que subiu ao palco pontualmente às 19h, enquanto alguns fãs ainda entravam no Parque do Atletas. A banda carioca fez uma apresentação simples, de quase 1 hora, mas conseguiu esquentar o público, que respondeu com gritos e aplausos. Essa não foi a primeira vez que o P9 abre shows internacionais por aqui. No ano passado, o grupo do hit “My favorite girl” se apresentou antes de Justin Bieber, no Rio e em São Paulo, fazendo a abertura da turnê “Believe”.

Siga a nossa página no Instagram; clique aqui

O One Direction desembarcou no Brasil na quarta-feira (7) com a sua turnê “Where we are World Tour”, vindo direto de um show em Montevidéu, no Uruguai. Niall Horan, especialmente, disse várias vezes que estava ansioso para conhecer o país. Em entrevista ao “Fantástico”, eles revelaram que querem jogar futebol na praia – o que será difícil, por causa do assédio. Além do show na Cidade Maravilhosa, a boyband fará dois em São Paulo, no estádio do Morumbi, neste sábado (10) e domingo (11).

(Foto: Divulgação/T4f)
  
Samba e rebolado
Apesar de ser considerada uma boyband, o One Direction se diferencia de grupos como os Backstreet Boys e N’Sync, que fizeram sucesso na década de 90. A começar pelas coreografia (que eu particularmente acho ridículo). Os cinco ingleses possuem um estilo próprio, são cantores e cada um com sua personalidade. Liam se mostrou o mais solto, e provocou as fãs com rebolado, já Harry, o mais assediado, mostrou porque é considerado o rebelde do grupo. Durante o show, ele mostrou uma nova tatuagem: ele escreveu “Brasil”, na virilha.

Com a voz rouca, Harry demonstrou estar com problemas no áudio nas primeiras músicas. Logo após o sucesso “Kiss You”, a banda arrancou gritos histéricos das fãs ao dizer que jamais haviam sido recebidos assim em algum lugar do planeta por onde já passaram. Era impressionante como as fãs gritavam, choravam e faziam de tudo para serem vistas no meio daquela multidão. Nas arquibancadas, o público deu um show à parte, fazendo a tradicional “ola” e levantando balões verde e amarelo.

(Foto: Divulgação/T4f)

Quem pouco interagiu com os fãs foram Louis Tomlinson e Zayn Malik. Ambos cumpriram o seu papel no palco, mas pouco trocaram palavras com os “directioners”. Uma grande passarela os deixava os ídolos próximos ao público. O tempo ajudou. Da chuva esperada veio o tempo fresco. Durante pouco mais de uma hora e meia, os 5 rapazes europeus não perderam o fôlego, e arriscaram até passos de samba a pedido de uma fã. Eles bem que tentaram, mas o máximo que conseguiram arriscar no português foram palavras como “Brazil”, “te amo” e “obrigado”.

Repertório
Seguindo os mesmos moldes dos shows anteriores da turnê, o repertório não trouxe nenhuma novidade. Nele, estavam hits como "What Makes You Beautiful", "Live While We're Young", "Story of My Life", “You and I” e “Best Song Ever”, que encerrou o show com uma queima de fogos de artifício, que levou os fãs às lágrimas. O espetáculo pirotécnico, aliás, durou ainda após a saída do grupo do palco. Se o One Direction pretendia passar uma boa impressão pela Cidade Maravilhosa, conseguiu. Com simplicidade e talento, o One Direction é o que se pode dizer os novos “Beatles do século 21”.

(Foto: Divulgação/T4f)

Recentemente, os meninos ganharam suas réplicas no museu de cera Madame Tussauds, em Londres. Em breve, as estátuas serão enviadas para o mesmo museu, mas em Nova York, nos Estados Unidos, e depois para Sidney, na Austrália. O One Direction foi criado no programa "The X Factor" britânico em 2010. Harry, Niall, Liam, Louis e Zayn entraram para tentar uma vaga como cantores solo, mas foram unidos pelos produtores do programa. O grupo ficou em terceiro lugar no reality show musical, mas conseguiu o sucesso mundial fora da atração.

(Foto: Divulgação/T4f)

Confira o setlist do show do Rio de Janeiro:

Intro + Midnight Memories
Little Black Dress
Kiss You
Why Don’t We Go There
Rock Me
Don’t Forget Where You Belong
Live While We’re Young
C’mon C’mon
Right Now
Through The Dark
Happily
Little Things
Moments
Strong
Better Than Words
Alive
One Thing/Diana
What Makes You Beautiful

BIS
You & I
Story Of My Life
Little White Lies
Best Song Ever     
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!