Vem ai: ‘Mudança de Hábito – O Musical’ ganha versão brasileira

Cena de "Sister Act", na Broadway (Foto: Divulgação)

Depois dos sucessos “A Família Addams – O Musical” e “O Rei Leão – O Musical”, a produtora Time For Fun (T4F) anunciou nesta semana o seu próximo espetáculo: “Mudança de Hábito – O Musical” (Sister Act), famoso filme de comédia estrelado por Woopi Goldberg e que fez muito sucesso na década de 90. A data de estreia ainda não foi confirmada, porém, a T4F já abriu as inscrições para as audições. Se você é ator e apaixonado por musical, essa é a sua chance.

O musical original tem dramaturgia de Bill e Cheri Steinkellner, com letras de Glenn Slater e músicas e Alan Menken. Na história, Deloris Van Cartier é uma cantora de cassino que testemunha um assassinato – seu namorado Vince LaRocca mata um dos funcionários do cassino. Após ser ameaçada de morte pelo ex-companheiro, ela conta tudo à polícia e é colocada no Programa de Proteção a Testemunhas. Deloris, então, vai parar em um convento, onde tem que aprender a ser freira e passar despercebida.

(Foto: Divulgação)

As inscrições para a seleção do elenco foram abertas na sexta-feira (11). De acordo com a produtora, quem quiser se candidatar, basta enviar o currículo completo, uma foto de rosto, uma foto de corpo, e um vídeo cantando qualquer música (não precisa ser profissional) para o e-mail mudancadehabitoomusical@t4f.com.br. O período de inscrição vai até 30 de abril. A T4F está buscando atores e atrizes entre 18 e 65 anos, bailarinas com técnica de jazz e cantores com boas noções de dança.

(Foto: Divulgação)

Seguem os perfis detalhados:

Deloris Van Cartier: mulher negra entre 25 e 40 anos (aparente). Diva disco com vasta extensão vocal do grave até a estratosfera.

Madre Superiora: mulher branca entre 45 e 65 anos (aparente). Uma voz forte, firme – Mezzo Soprano.
Eddie Souther: homem negro entre 25 e 45 anos. Barítono Agudo ou Tenor com um timbre lindo.

Irmã Mary Robert: mulher branca entre 18 e 25 anos (aparente). Precisa ter um belt surpreendentemente enorme e uma voz mista/legit que suba até as alturas.

Irmã Mary Patrick: mulher branca entre 25 e 45 anos. Excelente belt e legit/lírico.

Irmã Mary Lazarus: mulher branca. Importante ter um excelente belt e legit/lírico, mas também deve saber cantar Rap e ser muito engraçada. Dependendo da habilidade cômica da atriz, aceitamos atrizes que não sejam excelentes cantoras.

Monsenhor: homem branco entre 50 e 60 anos (aparente). Ator que canta com uma excelente voz de Barítono.

Curtis Jackson: homem negro entre 40 e 50 anos (aparente). Barítono ou Baritenor com um excelente falsete.

Pablo: homem latino entre 20 e 35 anos (aparente). Barítono ou Tenor, mas precisa ter um excelente falsete no estilo “Bee Gees”.

TJ: homem negro entre 20 e 40 anos (aparente). Excelente Tenor com poderoso falsete no estilo “Bee Gees”.

Joey: homem branco entre 30 e 40 anos (aparente). Excelente Barítono com falsete no estilo “Bee Gees”.

Ensemble Feminino: entre 18 e 55 anos (aparente). Excelente belt e legit/lírico com vasta extensão vocal.

Ensemble Masculino: excelentes cantores com falsete no estilo “Bee Gees” e com boa noção de dança. Todos os tipos físicos e etnias que possam fazer vários papéis e cobrir os personagens principais.

Bailarinas: mulheres com excelente técnica de dança (jazz) e muita personalidade. Precisam saber cantar muito bem.

(Foto: Divulgação)

Sucesso na Broadway
A estreia do musical “Sister Act” ocorreu em 2006, em Pasadena, na Califórnia, sendo a maior bilheteria já obtida no local, e foi produzida pela própria Whoopi Goldberg. Mas foi em 2011, quando a atriz/cantora resolveu levar o espetáculo para Londres, que a produção teve reconhecimento maior. Com trilha composta pelo premiado Alan Menken ("A Bela e a Fera" e "A Pequena Sereia") e uma equipe igualmente vencedora dos mais importantes prêmios da indústria, o musical de "Mudança de Hábito" entrou logo para o chamado The Broadway Collection, um grupo seleto de espetáculos da Broadway, incluindo os clássicos e as peças mais recentes, indicados por sua popularidade sem precedentes com o público internacional.

(Foto: Divulgação)

Em Londres, Whoopi chegou a atuar no musical por três semanas, no papel de madre superiora. A responsabilidade de viver Dolores no teatro coube à talentosa Patina Miller, dona de uma voz poderosa e desenvoltura ímpar, que soube defender o papel que ajudou a consagrar Whoopi. Com músicas inéditas e performances emocionantes, como "Raise Your Voice" (muito aplaudida na apresentação para o Tony Awards - o Oscar do teatro americano) e "The Life I Never Led", interpretada por Marla Mindelle, a versão musical de "Mudança de Hábito" é um sucesso de público e crítica, assim como seu filme de origem, indicado ao prêmio de Melhor Musical e um convite ao divertimento para toda a família.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!