‘O Filho Eterno’ volta ao Rio após passar por mais de 40 cidades

Cena de "O Filho Eterno" (Foto: Reprodução/Internet)

Indicada ao Prêmio de Cultura do Governo do Rio de Janeiro, por seu destaque no cenário artístico do Estado em 2012 e 2013, a Companhia Atores de Laura celebra 22 anos de estrada com o retorno de um de seus grandes sucessos: O Filho Eterno, em cartaz no Teatro Poeira, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, de 8 de abril a 7 de maio. Adaptada por Bruno Lara Resende, a história, que já encantou a muitos na forma literária, vai trazer à tona emoções inesperadas na versão teatral.

Vencedor do prêmio Orilaxé na categoria teatro para Daniel Herz, Shell e APTR de Melhor Ator para Charles Fricks e Shell na categoria especial para Marcia Rubin, o espetáculo de 2011 volta ao Rio depois de turnê nacional no ano passado que passou por mais 40 cidades. Adaptação do livro de Cristovão Tezza, O Filho Eterno trata das dificuldades e das nuances da paternidade a partir da relação de um pai com o filho, que nasce inesperadamente com Síndrome de Down.

(Foto: Divulgação)

“O Filho Eterno” mostra a luta diária de um homem que precisa lidar com as decepções que um filho pode trazer, focando no desafio de nossas limitações, sem perder o olhar elegante. Frases de impacto e inesperadas dão o tom poético dessa trama, em que vem a tona muitas questões que pensamos, mas que jamais teríamos coragem de dizer em voz alta. “O Filho Eterno foi o meu primeiro monólogo e um espetáculo que eu já apresentei mais de 200 vezes. O desafio de repetir tantas vezes é encontrar maneiras de fazer o espetáculo sem jamais perder a emoção”, descreve Charles Fricks.

A montagem do texto partiu mesmo da vontade do ator em encarar o desafio de entrar em cena sozinho. “A ideia era poder participar de uma montagem que não necessitasse de grandes produções, de muita gente. Daniel topou a ideia, convidou o Bruno pra empreitada e um amigo me apresentou o livro”, explica Charles.

Bruno Lara Resende explica como foi a tarefa de adaptar a premiada obra:  “A intenção foi preservar a qualidade literária do texto e ser fiel ao espírito do personagem, a despeito dos inevitáveis cortes e das mínimas alterações destinados a imprimir teatralidade à narrativa. A grande dificuldade foi exatamente ter de sacrificar tanto do livro e não perder a riqueza e poesia do original".

(Foto: Reprodução/Internet)

A Cia Atores de Laura foi fundada em 1992 e a partir de junho de 2009, passou a ser constituída por atores reunidos numa cooperativa junto ao diretor Daniel Herz. Os Atores de Laura dedicaram-se desde logo ao trabalho coletivo, com o objetivo de pensar e realizar o ator como força principal do jogo cênico, em torno do qual são construídas, paralela e posteriormente, a direção, a cenografia, a vestimenta e a iluminação. Foi criada no Rio de Janeiro em 1992 e desde então vem se apresentando em várias cidades do Brasil e no exterior (festivais em Lyon, na França e em Córdoba, na Argentina. Tem no seu repertório 21 montagens teatrais – sendo duas para crianças (A casa bem-assombrada, 1998, e a premiada A flauta mágica, 1999). Desde 1999, o grupo administra o Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping.

Serviço:

O Filho Eterno

Temporada: 8 de abril a 7 de maio (apenas 10 sessões)
Texto: Cristovão Tezza
Adaptação: Bruno Lara Resende
Direção: Daniel Herz
Elenco: Charles Fricks
Teatro Poeira, Rua São João Batista, 104 – Botafogo
Tel: (21) 2537-8053
Informação: www.teatropoeira.com.br
Capacidade: 120 pessoas
Dias e horários: Terças e quartas, às 21h
Preço: R$ 40
Duração: 1h e 15min
Classificação etária: 14 anos
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!