Com 1h30 de atraso, Ana Carolina estreia nova turnê no RJ

Por Emanuelle Valles

Ana Carolina no Citibank Hall (Foto: Reprodução/Internet)

Na última sexta-feira (7), o Rio de Janeiro recebeu no palco do Citibank Hall, na Barra da Tijuca, a nova turnê da cantora Ana Carolina, #AC - uma turnê que começa repleta de sucessos já consagrados perante o público e crítica, batidas mais eletrônicas para os já consagrados sucessos e uma Ana Carolina ainda mais madura e segura diante o seu público que a acompanha nos seus 14 anos de carreira.

Ana Carolina subiu ao palco com atraso de 1h30,  algo que eu pelo menos não tinha visto algo semelhante nas turnês das quais eu já assisti porém, pesquisando um pouco, acredito que a demora tenha sido principalmente para cercar o palco, visto que no show anterior, em São Paulo, fãs invadiram o palco justamente no bis, numa situação no mínimo constrangedora e tensa para a artista. 

Um palco simples, utilizando os recursos de leds e telão ao fundo para entreter o público, eis que com a casa cheia os fãs que ali estavam trouxeram euforia ao local assim que Ana surge, cantando "Pole dance", música do novo CD, seguindo por Bang Bang.

O público de Ana é além de fiel, contagiante. Em todo o show a platéia mantinha a sua agitação cantando os sucessos e entre as canções puxaram o jingle: "Puta que pariu, a Ana é a cantora mais amada do Brasil". Ana Carolina, claro, sempre simpática e carismática atendia ao público com seu jeito particular. Seguindo no show, Ana traz a primeira sequência de pot-pourri onde cantou Esperta / Você não sabe / Cantinho.

Uma pausa para a sonoridade brasileira para cantar "Fire", música interpretada por Alicia Keys, seguindo com o mix de duas de suas músicas mais polêmicas: "Libido", do novo álbum que trouxe já muitas acaloradas discussões acerca da letra e do clipe e "Madonna". Uma mistura explosiva e tensa, mas muito deliciosa diria.

Tema de novela
Ana Carolina parecia à vontade, e se entregou. Outro grande momento para todos, foi quando Ana interpretou "Combustível", música tema da última novela "Amor à Vida", tema da personagem Aline. Letra forte, audaciosa, que aliado ao estilo e força de Ana trazem qualquer pessoa ao deleite. Seguido de "Un Sueño Abajo el Agua", "Dez Minutos", "Mais Forte", "Coração Selvagem" e o terceiro pot-pourri com "Problemas" e "Quem de Nós Dois".

Uma pausa para as canções e um grande espetáculo de pandeiros - Ana que, além de excelente intérprete, é excelente instrumentista - traz seu talento com o pandeiro para os fãs.

Homenagem a Chico
Em homenagem à Chico Buarque, Ana compôs em resposta à música "Rita", "Resposta da Rita", que tem no videoclipe a participação do cantor e compositor. Em outro momento inusitado, Ana lança mão de interpretar "Piriguete", música do DJ Thiago, seguida por "IPhone", "Cabide" e os sucessos "Ela é Bamba", "Elevador" e "Garganta". Antes mesmo dos seguranças pensarem em conter o público, a área do palco já estava tomada de fãs eufóricos e entusiasmados.

No bis, Ana traz o sucesso de Tom Jobim reinterpretado por ela "Eu Sei que Vou te Amar", música tema de abertura da novela que está no ar, "Em Família" e finaliza com "É isso Ai". Mesmo com todos os contratempos e notando uma Ana Carolina mais tensa, por vezes menos "solta" no palco - principalmente no bis, pois foi neste momento em São Paulo que ocorreu a invasão do palco, pudemos ser presenteados mais uma vez com a sonoridade, musicalidade e maestria de Ana Carolina.



Confira o setlist do show do Rio:

Pole dance
Bang Bang
Pot-pourri Esperta / Você Não Sabe / Cantinho
Fire
Pot-pourri Libido / Eu Comi a Madonna
Pot-pourri Nua / Para a Rua Me Levar / Uma Louca Tempestade
Combustível
Um Sueño Abajo el Agua
Dez Minutos
Mais Forte
Coração Selvagem
Pot-pourri Problemas / Quem de Nós Dois
A Resposta da Rita
Piriguete
IPhone
Cabide
Ela é Bamba
Elevador
Garganta

Bis:

Eu Sei que Vou te Amar
É Isso Ai
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Essa mulher deve ter algum problema com pontualidade, aqui em Salvador ela desrespeitou também o público, chegou com 1h de atraso (já não foi a primeira vez!), não dá satisfação e quando questionamos a produção do show, eles dizem que "ela não está num dia bom". Ninguém merece passar por isso, queria ver se ela atrasar um show em um país mais sério, vai cantar para cadeiras e pistas vazias.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!