'Corteo' promove funeral lírico com magia e humor italiano

Por Rodrigo Vianna


"Corteo" no Rio de Janeiro (Foto: Néstor J. Beremblum / Divulgação T4F)

"Corteo" estava longe de ser um dos meus espetáculos favoritos do Cirque du Soleil. Até hoje. Diferente de qualquer outro show que eu já tenha assisto da trupe canadenense, "Corteo" tem a graça e o humor italiano. O Contracenarte marcou presença na estreia VIP do novo espetáculo do Cirque du Soleil, na última quinta-feira (26), na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. Com números capazes de prender a atenção de todo público, é difícil você conseguir olhar para baixo, já que a maioria das apresentações acontece no alto. "Corteo" usa e abusa das cenas e acrobacias aéreas.

Escrito e dirigido pelo suíço Daniele Finzi Pasca, “Corteo” traz um palco em 360 graus, em que os atos se sobrepõem em um verdadeiro “desfile” de acrobacias diante do público. “Corteo fala da morte e do enterro de um palhaço, mas passa longe de ser uma cerimônia fúnebre. O funeral é uma festa em vários lugares do mundo, um encontro de amigos para festejar a vida e para sentir saudade”, diz. E os 19 atos do espetáculo trazem um clima de Carnaval e festa, com direito a anjos e figuras dos circos antigos.

(Foto: Néstor J. Beremblum / Divulgação T4F)

Ao longo da apresentação, os artistas flutuam sobre o público graças a todas as tecnologias investidas na produção e empenho do elenco, famoso por ter atletas olímpicos como integrantes exibindo força, equilíbrio, leveza e muita inteligência corporal a serviço da arte e do entretenimento. O espetáculo reúne a paixão do ator com a graça e o poder do acrobata para mergulhar o público em um mundo teatral de comédia, diversão e espontaneidade situado num espaço misterioso entre o céu e a terra.

Assistido por mais de 6,5 milhões de pessoas desde a primeira estreia no Canadá em 2005, a turnê brasileira de Corteo do Cirque du Soleil é apresentada por Fast Shop. Com apoio cultural da Chevrolet, e realização da Time For Fun. A superprodução estreou em São Paulo dia 30 de março de 2013, seguindo então para Brasília dia 02 de agosto, Belo Horizonte dia 19 de setembro, Curitiba dia 8 de novembro, Rio de Janeiro em 27 de dezembro e, finalizando a grande turnê, Porto Alegre em abril de 2014.

(Foto: Néstor J. Beremblum / Divulgação T4F)

Considerado pela crítica como um elogio às artes, Corteo integra o grande com o pequeno, o ridículo com o trágico e a mágica da perfeição com o charme da imperfeição, evidenciando a força e a fragilidade do palhaço, bem como sua sabedoria e bondade, para ilustrar a parte da humanidade que há dentro de cada um de nós. A música, lírica e lúdica, transporta Corteo através de uma celebração atemporal onde a ilusão brinca com a realidade.

E para quem fechava a cara para os preços do espetáculo. "Corteo" prorrogou da promoção de Natal até o final da temporada. Os ingressos disponíveis, de qualquer setor, terão o preço único de R$ 240 (inteira) e R$ 120 (meia-entrada). Devido ao sucesso de vendas, novas sessões já foram colocadas à venda para o público em geral e a temporada carioca será estendida por mais uma semana, indo até 15/2. Para mais informações de venda, acesse: www.corteobrasil.com.br

(Foto: Néstor J. Beremblum / Divulgação T4F)

A grande tenda
"Corteo" é apresentado sob uma grande tenda branca, erguida na Marina da Glória. Segundo os organizadores, 4 mastros que sustentam a estrutura ficam a 25 metros de altura cada. A Grande Tenda acomoda mais de 2.500 pessoas. O topo da cúpula fica a 19 metros de altura e tem 51 metros de diâmetro. Toda a área do local do evento inclui entrada, receptivo, tendas para ensaio, bilheteria, escritórios administrativos, cozinha e escola. Cinco geradores de 500 KVAs cada geram a eletricidade da Grande Tenda e restante da infraestrutura. “Corteo” viaja com 90 trailers e mais de 1.000 toneladas de equipamentos na turnê.

Em meio a tantos artistas, um rosto é bastante conhecido dos brasileiros. A ex-ginasta brasileira Camila Comin é um dos principais destaques do espetáculo. Camila participou de três Jogos Olímpicos (1996, 2000 e 2004) antes de aceitar o convite para integrar o elenco de artistas do circo canadense. "Eles me chamaram e eu decidi que queria continuar na ginástica, queria ir para as Olimpíadas, estava bem focada nisso", contou em entrevista ao portal Terra. "Mas depois percebi que a minha tarefa estava feita no esporte e resolvi arriscar. Por que não?", completou.

(Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Em 2007, Camila resolveu aceitar o convite e, de atleta, passou a ser artista. Mas garante que há muito mais em comum entre as duas profissões do que se imagina. "O esporte educa desde pequeno. É tanta disciplina, educação, respeito, horário, a persistência quando se tem um erro, a vontade de superar as dificuldades, assim como no circo", disse.

Mundo lírico
O cenário e a decoração de Corteo mergulham o público em um mundo lírico, um local desconhecido entre o céu e a terra. O cenógrafo Jean Rabasse dividiu a Grande Tenda ao meio, dando ao palco giratório uma visão de 360°, fazendo com que as duas partes da plateia fiquem uma de frente para a outra e, assim, ao assistirem as performances dos artistas no palco, também observam a reação do público a partir do ponto de vista dos artistas. Esta é a primeira vez que o Cirque du Soleil projeta o palco desta forma.

Para criar mais de 260 peças de figurinos para o elenco de Corteo, a figurinista Dominique Lemieux se concentrou em acentuar a beleza natural dos artistas. Mais de 9.000 imagens foram utilizadas na fase de concepção do espetáculo, que mistura muitos estilos visuais e influências que vão desde o barroco até o moderno; Ela usou mais de 900 tipos de tecidos, concentrando-se em fibras naturais, como sedas, linhos, algodões e rendas em uma paleta de cores sutis que inclui tons de azul, cor-de-rosa, fúcsia e dourado, com diversos apliques de lantejoulas e jóias.

Você sabia?

- Corteo já passou por mais de 50 cidades, incluindo São Paulo, Brasília e Belo Horizonte, e o Brasil é o 10º país a ser visitado desde a criação do espetáculo. Todas essas viagens equivalem a mais de 87 mil km rodados;

- Corteo já encantou mais de 7 milhões de pessoas ao redor do mundo;

- Galinhas cenográficas já caíram mais de 650 mil vezes no palco durante as apresentações;

- Mais de 24 mil malas já foram transportadas desde 2005;

- Mais de 385 mil diárias de hotel;

- Cerca de 670 aeroportos já foram utilizados por Corteo.

Serviço:

Cirque du Soleil - Corteo

Local: Marina da Glória - Av. Inf-d. Henrique, s/n - Glória, Rio de Janeiro - RJ, 20021-140
Data: Estreia sexta: 27/12/2013. Até 15 de fevereiro.
Preço: R$ 240 (inteira) / R$120 (meia)
Horários: terça a sexta-feira, às 21h; (sessões às 17h em algumas datas durante a semana); sábados, às 17h e 21h; domingos, às 16h e 20h. 



Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!