'Emblem3' empolga 3.7 mil fãs no Rio em clima californiano

Por Rodrigo Vianna

"Emblem3" empolga 3.7 mil fãs no Rio (Foto: Ricardo Nunes/Divulgação)

Quando os irmãos Wesley e Keaton Stromberg, e seu amigo Drew Chadwick aceitaram o desafio de participar do reality norte-americano “The X-Factor USA”, no ano passado, não imaginavam que estariam em turnê mundial um ano após o programa com a sua banda, o “Emblem3”. E para alegria das adolescentes cariocas, o trio desembarcou no Rio de Janeiro, no último domingo (1º), onde se apresentou para 3.7 mil fãs, segundo os organizadores, no Vivo Rio, no Aterro do Flamengo. O que se viu foi um show típico californiano, regado a muito pop.

Você foi ao show do "Emblem3"? Mande sua foto para gente!

Um dia antes, o “Emblem3” ainda participou do “Z Festival”, em São Paulo. Da televisão para os palcos brasileiros, o trio mostrou um pouco de inexperiência em suas performances – como a falta de coordenação sobre o palco -, mas nada que atrapalhasse a sua apresentação. Afinal, os rapazes mostraram empolgação durante as quase duas horas de show e não economizaram nos saltos. Enganou-se quem achava que eles poderiam perder o fôlego no fim da apresentação. Uma coisa é certa: se mantiverem a fórmula, o show no Brasil é só o começo.


Além do “Emblem3”, quem também se apresentou foi a “Boyce Avenue”. O show de abertura ficou por conta da banda nacional F.U.S.S.C.A. O “Boyce Avenue”, grupo masculino visto mais de 850 milhões de vezes no Youtube, se tornou sucesso mundial após tamanha repercussão. Já o F.U.S.S.C.A., liderado pelo ex-Rebeldes Arthur Aguiar, apresentou um repertório repleto de sucessos do pop rock nacional e músicas próprias, que já estão caindo no gosto dos adolescentes. As duas atrações também se apresentaram na capital paulista no sábado (31).

Antes do show, a concentração de fãs era grande do lado de fora do Vivo Rio. Com faixas, cartazes e camisas estilizadas, o público – em sua maioria feminina – ensaiava canções e declarações aos ídolos. A histería era tanta que foi possível notar alguns funcionários da casa de espetáculos usando protetor de ouvido.

Mais uma vez, o Vivo Rio mostrou um bom trabalho de organização, sem registro de graves ocorrências. Algumas adolescentes passaram mal e tiveram que ser levadas para o posto médico. No entanto, a equipe de segurança apresentou falhas. Alguns fãs reclamaram que eram impedidas de acessar a parte externa da casa de espetáculo, a não ser a área de fumantes.

“Melhor show da nossa carreira”
Já passava das 20h30 quando o “Emblem3” subiu ao palco e fez a alegria das fãs, enm sua maioria acompanhada dos pais. Simpáticos e à vontade, os três cantores interagiram com a plateia e fizeram tudo que os fãs queriam: apresentaram os hits, mostraram o abdômen sarado, rebolaram muito e disseram “obrigado” em português. Era nítida a satisfação do trio e, diante do resultado, uma volta é certa.

(Foto: Ricardo Nunes/Divulgação)

Em “Xo”, a plateia saiu do chão, mostrando a força do hit do álbum “Nothing To Lose”. Sem seguida, o clima de romance tomou conta com a balada “One Day”. Em “3000 Miles”, a emoção tomou conta tanto dos fãs, que choravam enquanto entoavam a canção, como dos membros da banda, que cantaram boa parte da música abraçados. No fim, também um cover da Rihanna – neste caso, de “Diamonds”.

Os rapazes do “Emblem3” na contavam com a recepção calorosa do público brasileiro. O trio ficou surpreso ao ver que a plateia cantando todas as músicas do álbum de estreia, "Nothing to lose", que foi lançado há pouco mais de três semanas. "Essa é a nossa melhor plateia de todos os tempos! Vocês são incríveis", disse Wesley entre uma música e outra. Drew, que é apenas amigo da dupla de irmãos, arrancou gritos histéricos quando abriu a jaqueta que usava e deixou o abdômen sarado à mostra.

Entre tantos fãs, havia também alguns famosos, como o casal Giovanna Lancellotti e Arthur Aguiar, que após se apresentar com sua banda, conferiu o show ao lado da amada. Os dois curtiram a apresentação na área VIP com muita tranquilidade. Arthur, que terminou de gravar a novela "Dona Xepa", da TV Record, deve engatar férias da televisão e se dedicar mais à música. Entre uma foto e outra, o casal que está junto há um ano podia namorar um pouquinho ouvindo o som da banda norte-americana.

Da TV para o mundo
O “Emblem3” chegou à edição de 2012 do “The X-Factor USA” já com uma música própria, Sunset Boulevard, e se tornou um fenômeno entre o público semana após semana, terminando a competição em quarto lugar. Logo após sair do programa, o Emblem3 já assinou contrato com a Syco Records, gravadora de Simon Cowell, mentor do X Factor, e com a Columbia Records.

Já o Boyce Avenue, formado por três irmãos, Alejandro, Fabian e Daniel Manzano, começou em 2004, mas foi em 2007 que o trio alcançou a fama mundial ao compartilhar versões para canções famosas no Youtube. Hoje, o canal de vídeos do Boyce Avenue no site conta com mais de 850 milhões de views e 2.250.000 de assinantes. O grupo faz sucesso com canções de raízes acústicas e melodia inspirada no rock. Após o lançamento dos álbuns de estúdio All You’re Meant to be, em 2009, e All We Have Left, em 2010.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!