José Augusto celebra 40 anos de carreira no Citibank Hall

José Augusto se apresenta dia 7 de setembro no Rio (Foto: Divulgação)

Em comemoração as suas quatro décadas de carreira, José Augusto traz a turnê “40 Anos na Estrada” ao Citibank Hall, no Rio de Janeiro, em única apresentação, no próximo dia 7 de setembro. José Augusto preparou novos arranjos para a turnê e convidou Daniela Rodrigues para a cenografia e os lighting designers Rogério Marreiro e Rodrigo Valdrighi. 

Os ingressos já estão disponíveis e podem ser adquiridos pela internet (www.ticketsforfun.com.br), pelo telefone 4003-5588 (válido para todo o País), nos pontos de venda espalhados pelo Brasil e na bilheteria do Citibank Hall. O show é uma realização da Time For Fun.

(Foto: Reprodução/Internet)

O repertório da turnê contempla alguns de seus sucessos que marcaram época em importantes telenovelas brasileiras, como “Aguenta Coração”, de Barriga de Aluguel, “Querer é Poder”, da trilha de Sonho Meu, “De Igual para Igual”, tema de Bebê a Bordo e “Eu e Você”, incluída em Tieta, entre outras.

Também inclui os primeiros hits do artista, como “De Que Vale Ter Tudo Na Vida”, “Me Esqueci de Viver”, versão do hit de Julio Iglesias, “Querer e Perder” e “Tudo Deu Em Nada”, além das clássicas “Sábado”, “Chuvas de Verão”, “Fui Eu”, “Sonho por Sonho” e “Evidências”. Seu mais recente sucesso, “Quero Me Apaixonar”, gravado em seu último DVD, também tem espaço no set list.

Acompanham o artista os músicos Mauro Almeida (violões e guitarras), Humberto Cardoso (violões e guitarras), Décio Crispin (baixo), Maurício Lemes (teclados), Paulo Ribeiro (bateria), Val Oliveira (sax e flauta), Cris Reis (vocais), Patrícia Costa (vocais), Elizeu Cândido (trompete) e Altair Martins (trombone).

(Foto: Reprodução/Internet)

Trajetória
Nascido e criado no bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, José Augusto desde cedo demonstrava interesse pelo mundo da música e não pensava em outro futuro. “Tinha certeza que eu queria viver de música”, lembra.

Assim, inspirado nos Beatles e na Jovem Guarda, começou a compor e frequentar gravadoras próximas a sua casa, como a Copacabana. Até que, em 1973, apresentou uma fita caseira com 10 composições suas a Renato Correa, um dos integrantes do Golden Boys. Dias depois foi comunicado de que Cauby Peixoto gravaria uma delas: “Meu Filho”.

Boas e novas surpresas se sucederam e José Augusto teve a chance de gravar profissionalmente, para que Renato pudesse sentir a reação da gravadora. As dez canções incluídas na fita ganharam então novas versões, com arranjos e orquestração.

O radialista Haroldo de Andrade acreditou no talento do cantor e ajudou a transformar “De Que Vale Ter Tudo na Vida” no grande sucesso que é até hoje. O compacto começou a vender bem e logo surgiu a necessidade de um disco completo, dando início à carreira profissional do artista.

Vinte e sete álbuns e dois DVDs depois, José Augusto acumula mais de 20 milhões de álbuns e DVDs vendidos, sendo 5 milhões em países como Espanha, Argentina, México, Venezuela, Porto Rico, Colômbia, Costa Rica e Equador.

Serviço:

“José Augusto”

Data: 7 de setembro de 2013; (sábado)
Horário: 22h15
Local: Citibank Hall – Rio de Janeiro (RJ), Av. Ayrton Senna, 3000 - Shopping Via Parque - Barra da Tijuca
Capacidade: 3.025 lugares 
Ingressos: de R$ 35 a 160 (ver tabela completa)
Classificação etária: Menores de 15 anos somente com presença dos pais ou responsáveis legais
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!