"Ora pois!": Museu de Lisboa homenageia Clarice Lispector com exposição "A Hora da Estrela"

Por Elisa Veiga
Do Contracen@rte, em Portugal

(Foto: Divulgação)

No ano em que assinala 35 anos sobre a sua morte, a Fundação Calouste Gulbenkian é o palco de uma homenagem à escritora brasileira Clarice Lispector. Inserida nas comemorações do Ano do Brasil em Portugal, esta exposição nos proporciona uma viagem pelo mundo de um ícone da literatura.

Depois de passar por São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Bogotá, a exposição "A Hora da Estrela" é  apresentada, até o dia 23 de junho, na galeria de exposições temporárias do Museu Gulbenkian, em Lisboa. Com textos, fac-símiles, fotografias e documentos pessoais de Clarice Lispector.


Assista ao tease oficial da exposição no player acima

Nesta mostra temos a possibilidade observar manuscritos da escritora. Cartas singulares que espelha, um pouco da vida de Clarice estão à disposição de qualquer um de nós. Entre gavetas fechadas e abertas, pode-se encontrar, por exemplo, o pedido que a jornalista faz a um ministro para adquirir nacionalidade brasileira; a correspondência que Clarice trocou com escritores como Carlos Drummond de Andrade, Erico Veríssimo e Lygia Fagundes Telles; trabalhos escolares; etc. Paralelamente à mostra, a programação conta com oficinas, palestras e performances.

Ucraniana, radicada no Brasil – onde se mudou antes mesmo de completar 2 anos de idade e permaneceu até sua morte aos 56 anos–, Clarice figura entre os autores brasileiros de maior destaque internacional. No começo do ano sua obra foi tema de um encontro realizado pela Casa Amèrica Catalunya, em Barcelona. E, de acordo com o Banco de Dados Online do Conexões Itaú Cultural, a escritora está em segundo lugar na lista de autores mais citados pelos profissionais mapeados pelo programa. Neste ano, Clarice é lembrada por 35 anos de morte e sua força na literatura de jovens, adultos e idosos. Sem esquecer que Clarice foi também jornalista de muitos jornais brasileiros.

A exposição tem a curadoria de Ferreira Gullar e Julia Peregrino, teve inicio no dia 5 de abril e encerra no dia 23 de junho.

Serviço:

Exposição "A Hora da Estrela"

Onde: Galeria de Exposições Temporárias do Museu Gulbenkian
Quando: Terça a Domingo, das 10h as 18h
Bilhetes: Museu (Colecção permanente + exposição temporária na galeria do museu): € 4
Exposições temporárias fora dos percursos museológicos: € 3 a € 5 (conforme a exposição patente)
PASSE (acesso a todos os espaços expositivos da Fundação) 8,00 EUR
2 Museus + Galeria de Exposições Temporárias € 7
20% desconto para possuidores de Cartão de Turismo da CML.
50% desconto para portadores de Cartão Jovem, estudantes até aos 25 anos e maiores de 65 anos.
Mais Informações: www.museu.gulbenkian.pt
Telefone: +351 217 823 000

(Foto: Divulgação)
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!