Protagonista de 'Rock in Rio - O Musical', Yasmin Gomlevsky diz que Sofia tem a sua essência

Por Flávia Renata Perez


Yasmin Gomlevsky brilha em "Rock in Rio - O Musical" (Foto: Caroline Dlugoss/Contracen@rte)


Com uma voz impecável, a atriz Yasmin Gomlevsky, de 20 anos, chama atenção de todos que vão assistir ao espetáculo "Rock in Rio - O Musical", que está em cartaz até o dia 21 de abril, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde interpreta a protagonista Sofia. Diferente da sua personagem, que não suporta ouvir música, Yasmin é fã assumida de rock. A carioca decidiu ainda criança que queria ser atriz. Seguindo os passos do irmão mais velho, também ator, ela entrou no teatro do colégio aos 8 anos, passando pelo Tablado e pela Casa das Artes de Laranjeiras (Cal), e hoje faz faculdade de teatro.

Veja a galeria de fotos de Yasmin Gomlevsky

Yasmin Gomlevsky é a nossa segunda convidada da nossa série especial “Encena”, que vai trazer todos os sábados uma entrevista com um ator que se destaca nos palcos cariocas. A cada semana, teremos uma matéria exclusiva, com vídeo e fotos desses “artistas revelação”. O Contracen@rte acompanhou um dia de trabalho da atriz nos bastidores de “Rock in Rio - O Musical”, que já é considerado um sucesso de público e crítica. A jovem atriz falou sobre sua experiência no palco, sua carreira como atriz e como ele entrou para o incrível mundo do teatro. Com a temporada carioca chegando ao fim, a atriz colhe agora os frutos e o sucesso.

(Foto: Caroline Dlugoss/Contracen@rte)

Com mais de três horas de duração, "Rock in Rio - O Musical" leva o público em uma viagem com músicas que marcaram várias épocas diferentes. É uma junção de repertório, imagens, lembranças e casos hilários das quatro edições brasileiras do festival para contar um drama juvenil. Com orçamento de R$ 12 milhões e produção 100% made in Brasil, o musical impressiona. Dirigido por João Fonseca (de “Tim Maia - O musical”), o espetáculo conta uma história fictícia e lúdica, inspirada nas emoções e transformações que a música é capaz de provocar. O musical brinda os 29 anos do festival e aposta novos e antigos sucessos para agradar várias gerações. É, parece que deu certo.

A grandiosidade da Grande Sala da Cidade das Artes faz jus a espetáculo. Cenários grandiosos, telões de alta resolução e o que há de mais novo em tecnologia ajudam a dar o tom lúdico do espetáculo e transportam o público para uma grande viagem por várias gerações. A trama acompanha a trajetória de superação de Sofia e Alef (Hugo Bonemer, de “Hair”). Enquanto a menina, filha do organizador do maior festival de rock do mundo, não suporta ouvir música, o rapaz, mudo depois de sofrer um trauma familiar, tem um mundo particular, que expressa justamente pela música. O elenco, que no total tem 25 atores e é acompanhado por uma banda com nove músicos.

(Foto: Caroline Dlugoss/Contracen@rte)

A cena preferida
Sofia é uma adolescente que, apesar de falar muito, não gosta de ouvir músicas, até que sua vida muda quando conhece Alef (Hugo Bonemer) que traumatizado com a perda do pai, parou de falar e se expressa por música. Em entrevista ao Contracen@rte, Yasmin disse que gosta de todas as partes do musical, mas tem sua preferida. "Eu gosto muito da cena quando eu chego na faculdade e entro em contato com os outros personagens da peça, que fazem parte do mundo do Alef e é um momento um pouco mais descontraído da minha personagem que é uma personagem mais intensa, não tem muitos momentos de respiro, é sempre muito raivosa, muito deprimida, não tem muitos momentos de relaxamento e esse momento é um que eu consigo brincar, me divertir."

No palco, é visível a parceria com o ator e colega Hugo Bonemer (Alef), com quem divide a maioria das cenas. Ela contou que tem aprendido muito com ele. "O Hugo é muito criativo. Quando eu passei no teste e fiquei sabendo que ele ia ser meu par, eu fiquei muito animada, porque eu tinha visto 'Hair' e sai de lá admirando muito o trabalho dele, foi a melhor coisa da peça na minha opinião. Fiquei muito feliz, a gente começou a ensaiar e fui vendo como ele é sensível, criativo, criador, explora as possibilidade dele. Ele é muito aberto, tudo que eu quiser propor ou conversar sobre alguma coisa que eu queira mudar, ele está aberto para topar. Acho ótimo, acho que a gente faz uma boa dupla, muitas pessoas falam que a gente tem química e eu acredito nisso."

(Foto: Caroline Dlugoss/Contracen@rte)

Semelhanças
Questionada se ela tem algo da Sofia, ela nos disse que muitas pessoas dizem que ela é a própria Sofia. "Ela é uma personagem que se você for olhar de prima, é uma menina revoltada, punk, não aceita as coisas, encontra um certo refúgio nas palavras, se defende muito das coisas. Então eu acho que isso tudo faz parte de uma personalidade que talvez seja um pouco parecida com a minha. As pessoas falam 'você é a Sophia', e eu ouvia isso desde o teste. Eu acredito muito em uma coisa, o personagem só existe no papel, quando você levanta um personagem, você faz ele do seu jeito, então a Sophia é desse jeito, porque eu faço. Qualquer outra atriz faria outra Sophia, mas eu acho que a nossa essência é a mesma".

Apesar de não ter nenhum ritual específico para entrar no palco, a atriz revelou que o musical requer horas para preparação do personagem. "Fazer um musical te exige colocar peruca, microfone, aquecer voz, aquecer o corpo, então a gente chega umas três horas antes para dar tempo de fazer tudo. A minha maior preparação foi por ser musical, não pela personagem especificamente, em um musical você precisa de fôlego pra cantar, correr, pular e chorar ao mesmo tempo. Me lembro que quando passei eles me pediram pra emagrecer e eu fiz dieta e personal durante um tempo", disse.

Carreira e futuro
Mesmo com pouca idade, Yasmin já tem uma carreira com bastante trabalhos importantes. Aos 16 anos ela gravou seu primeiro longa-metragem, "Ressaca", e em seguida fez a peça "O Diário de Anne Frank" (no qual viveu a personagem-título), sendo indicada como melhor atriz no Prêmio Qualidade Brasil de 2010. Em 2012 ela fez parte do elenco de "Cyrano de Bergerac". A atriz atuou ainda em "A Megera Domada" e no curta "50g de Solidão", de Antônio Bento Ferraz. Emendando um trabalho no outro Yasmin já considera "Rock in Rio - O Musical" como um de seus trabalhos mais importantes.

"Eu acho muito importante, a coisa mais importante que me aconteceu até então. Sou muito nova, acho que aconteceram outras coisas, mas é incrível qualquer coisa que tenha o nome Rock in Rio. Abriu muitas portas pra mim", disse ela.

Além de atriz e cantora, Yasmin escreve poesias em um blog. "Tenho projetos dentro do teatro, espero que eu consiga nos próximos anos concretizá-los. Tenho um blog de poesia, de conto e de textos, que é uma coisa livre. É o yasmingomlevsky.blogspot.com.br, e eu pretendo lançar um livro em algum momento com as poesias desse blog. Eu tenho alguns curtas escritos, uma peça escrita. A peça eu ia montar esse ano mas não deu pra conciliar, tenho um curta que está mais preparado pra ser feito, mas estou esperando possibilidade de tempo pra fazer."

Sobre o “Encena”
Abram as cortinas. O Contrancen@rte tem o prazer de apresentar o “Encena”, uma série especial que vai trazer entrevistas com nomes do teatro e da música que têm se destacado no cenário cultural carioca. Todo sábado o público em casa poderá conhecer um pouco mais sobre o trabalho desses artistas. A sua história, trajetória, carreira, trabalhos atuais e experiência. Tudo sera contado com exclusividade para o nosso portal, trazendo público para mais perto do artista. Afinal, como o nome já diz, vamos colocar esses “artistas revelação” “em cena” e mostrar as suas caras. Aqui, você é a nossa grande plateia.

(Foto: Caroline Dlugoss/Contracen@rte)


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Excelente matéria!! Yasmin Gomlevsky promete e será a maior estrela do teatro musical dos ultimos tempo!! Pessoa fascinante!! Ansiosa para os projetos fututros dela!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!