Eles estão de volta! Jonas Brothers se apresentam para 5 mil fãs em show tímido no Rio

Por Flávia Renata Perez

Os irmãos Nick, Joe e Kevin Jonas (Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Após dois anos longe do público, os “Jonas Brothers” voltaram para a alegrias e histeria das fãs brasileiras. O trio de irmãos fez um apresentação na noite de terça-feira (12), no Citibank Hall, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Cerca de 5 mil fãs, segundo os organizadores, aguardavam os rapazes norte-americanos com gritos enlouquecidos, que estavam entalados desde a última vez em que pisaram em solo brasileiro, em 2010. Apesar de interagir pouco com a plateia, predominantemente feminino, os irmãos usavam frases curtas como "Obrigado" e "Amamos vocês", mas não deixaram a desejar no repertório, recheado de sucessos.

Os Jonas Brothers estouraram na cena musical em 2007, com o álbum homônimo do grupo, que incluía o hit "S". Com o lançamento do segundo álbum, "A Little Bit Longer", os irmãos se tornaram os primeiros na história com três discos no Top 10 da Billboard ao mesmo tempo (incluindo a trilha sonora do filme "Camp Rock"). Em 2009, eles lançaram "'Lines, Vines and Trying Times". O hiato que fez com que os Jonas ficassem um tempo sem lançar nada de novo não teve a ver com algum desentendimento, garantem os fãs, que prometem uma recepção calorosa.

(Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Recepção calorosa
Camisas, cartazes, almofadas e até balões em forma de coração. Vale de tudo para agradar os ídolos. A gritaria no show foi ensurdecedora, mas não é para menos. Afinal, não é qualquer banda que fica anos parada e continua com seguidores tão dedicados. Para receber os ídolos, os fãs preparam uma recepção calorosa e não economizaram nas surpresas. Desde cedo, os “Jonatics”, como são chamados os fãs dos Jonas, aguardavam aguardavam ansiosos do lado de fora da casa de espetáculo. Além do Rio, os irmão também se apresentam em São Paulo, Belo Horizonte,  Porto Alegre.

 (Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Tal paixão levaram os Jonas Brothers ao sucesso. Desde 2007, eles já venderam 20 milhões de cópias em todo mundo e entraram para o Guinness, o livro dos recordes, por serem o grupo com mais singles no Top 20 norte-americano no período de um ano (cinco singles em 2009). Eles receberam a primeira indicação ao Grammy em 2008, na categoria Best New Artist, e ganharam mais de 50 prêmios em todo o mundo, incluindo um American Music Award.

(Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Tímidos e de poucas palavras
No palco do Rio de Janeiro, um telão de alta definição transmitia imagens de clipes, da cidade de Nova York e até mesmo do Rio de Janeiro. Basicamente sem nenhuma brincadeira e poucas palavras, as primeiras músicas "Paranoid", "That's just the way we roll", "Still in love", "Bb good" e "Last time around" foram lançadas na plateia, que não ficava parada um minuto. Kevin, que quase não canta, surpreendeu as fãs cantando com seus irmãos a música "Turn right", que em coro gritavam "Kevin, eu te amo" e foram respondidas por um "Te amo" meio tímido e atrasado do irmão mais velho.

Os momentos mais emocionantes ficaram por conta das músicas "Gotta find you", "Wedding bells" composta por Nick para sua ex-namorada Miley Cyrus e "When you look me in the eyes”. As músicas "S.O.S" e "Burnin' up", seus grandes sucessos, enceraram a apresentação da noite, a terceira dos irmãos no Rio de Janeiro. O show de abertura ficou por conta do cantor Mike Deleasa, cunhado de Kevin Jonas. Durante cerca de meia hora, o cantor conquistou as Jonatics com hits e até  arriscou uma versão em português de "Ai se eu te pego", de Michel Teló, arrncando aplausos calorosos da plateia.

(Foto: Néstor J. Beremblum/Divulgação)

Confira o setlist do show:

Paranoid
That's just the way we roll
Still in love
Bb good
Last time around
Play my music
Good nigth and goodbye
Give love a try
Turn right
Gotta find you
Let's go
Just in love
Who I am
Fly with me
Wedding bells
Pushing me away
Hello beautiful
Lovebug
When you look me in the eyes
Black keys

SOS
Burning UP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!