Heloisa Périssé será Bruxa Má em “O Mágico de Oz” em SP

Por Rodrigo Vianna 

(Foto: Divulgação)

Troca-troca de bruxa no musical “O Mágico de Oz”. A atriz Heloísa Périssé fará a Bruxa Má do Oeste na temporada paulista. Ela vai substituir Maria Clara Gueiros, que interpretou a personagem na temporada carioca. A informação foi confirmada na quinta-feira (13) pelo perfil oficial da dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, no Facebook. Nós, do Contracen@rte, desejamos merda a atriz Heloísa Périssé nesse novo projeto!

Leia também: Sucesso no Rio, “O Mágico de Oz” estreia em SP em 2013
                       "O Mágico de Oz": Um faz de conta que acontece

“O Mágico de Oz”, com direção da dupla Möeller & Botelho e produção da Aventura Entretenimento, estreia em 22 de fevereiro, no Teatro Alfa, em São Paulo. Os atores Lucio Mauro Filho (Leão Covarde), Malu Rodrigues (Doroty) e Luis Carlos Miele (Mágico de Oz) já estão confirmados no elenco.

Carioca, Heloísa Périssé acaba de interpretar a Monalisa do mega sucesso ‘Avenida Brasil’, da TV Globo. Ao lado da amiga Ingrid Guimarães, atuou por anos na comédia ‘Cócegas’, de sua própria autoria. Também participou de filmes como ‘O Diário de Tati’, ‘Avassaloradas’, ‘Lisbela e o Prisioneiro’ e ‘Sexo, Amor e Traição’. Em janeiro de 2012, deu vida à comediante Dercy Gonçalves na microssérie ‘Dercy de Verdade’ (TV Globo).

“O Mágico de Oz” ganhou fama com o célebre longa-metragem estrelado por Judy Garlandem 1939 e, de lá para cá, nunca esteve fora do centro da indústria mundial de entretenimento, em uma série de adaptações e também como referência para os mais variados criadores.

Temporada paulista
Após o sucesso de público e crítica no Rio de Janeiro, o musical “O Mágico de Oz”, mais uma mega produção da dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, está de malas prontas e desembarca em São Paulo em 2013. Como é de praxe, a dupla Möeller & Botelho tem total liberdade para adaptação da obra, escrito há mais de um século por L. Frank Baum.

A montagem é baseada na única adaptação autorizada para o teatro, feita pela Royal Shakespeare Company, seguindo praticamente todo o roteiro do filme, além de incluir toda a música incidental escrita para o cinema. Vencedor do Oscar de Melhor Trilha Sonora e Canção Original (‘Over the Rainbow’), o filme é reconstituído em todas as cenas na versão escrita por Jonh Kane para a RSC.

Além de pensar em uma concepção mais adulta para o espetáculo, eles incluíram um número (‘Jitterbug’) cortado do longa, o Mágico (vivido por Miéle) ganhou uma canção inédita, com letra de Botelho sobre música de Harold Arlen, e toda a concepção visual e coreográfica é nova, fruto do trabalho em conjunto da direção com Rogério Falcão (cenários), Fause Haten (figurinos), Paulo Cesar Medeiros (iluminação) e Alonso Barros (coreografia).

(Foto: Divulgação)

A equipe artística – que tem a coordenação de Tina Salles – enfrentou o desafio de reler cenas que se tornaram lendárias no cinema, como o furacão que leva Dorothy a Oz, a aparição das Bruxas e o famoso vôo de balão com o personagem-título. ‘Esta é, sem dúvida, a nossa maior produção. O resultado desta montagem atesta a maioridade e a independência das produções nacionais no universo do teatro musical’, afirma Aniela Jordan, sócia da Aventura Entretenimento.

Para dar vida a figuras míticas – como o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde – e uma história recheada de forte carga imagética, mais de 150 profissionais trabalham desde o início do ano na produção de 14 cenários diferentes, nas mais de 300 peçasque compõem o figurino e na preparação de efeitos cênicos.

‘O Mágico de Oz’ faz parte do Circuito Cultural Bradesco Seguros, que apresenta para o público brasileiro um calendário diversificado de eventos artísticos com espetáculos nacionais e internacionais de grande sucesso, em diferentes áreas culturais como dança, música erudita, artes plásticas, teatro, concertos de música, exposições, etc. O espetáculo conta ainda com o patrocínio da Oi, Rede Dor e ONS, apoio cultural Oi Futuro e tem a CVC como operadora oficial e o Gloob como canal oficial. Gloob é o primeiro canal infantil da Globosat e entra no ar em 15 de junho.

"Aplicar no segmento cultural conceitos de ativação de marcas, produtos e serviços tem sido gratificante. Nestes quase quatro anos construímos diversos ‘cases’ em conjunto com os nossos patrocinadores que confirmam a vocação do teatro como evento e ferramenta de marketing, não só para aproveitamento institucional como para venda de produtos e serviços’, afirma o empresário de mídia e entretenimento Luiz Calainho.

Um elenco sob medida
A curiosidade em torno das aventuras da menina Dorothy Gale já foi detectada com o anúncio das audiçõe para o musical. A quantidade de inscritos ultrapassou os três mil e causou, em um único dia, a queda do site do projeto pelo volume de acessos.

(Foto: Divulgação)

Malu Rodrigues (Dorothy) foi escolhida para liderar um elenco de 35 atores e 16 músicos. Aos 18 anos, a atriz já pode ser considerada veterana em musicais e tem no currículo participações em ‘A Noviça Rebelde’, ‘7 – O Musical’, ‘O Despertar da Primavera’, ‘Beatles num Céu de Diamantes’ e ‘Um Violinista no Telhado’, todos com direção de Möeller & Botelho.

Ela dividirá o tablado com Lucio Mauro Filho, que faz sua estreia no gênero, Pierre Baitelli – também protagonista de ‘O Despertar da Primavera’ e indicado ao Prêmio Shell por ‘Hedwig’ – e Nicola Lama, elogiado pelo desempenho em ‘Um Violinista no Telhado’. Os três vão encarnar, respectivamente, o Leão Covarde, o Espantalho e o Homem de Lata, o trio de amigos que ajuda Dorothy a seguir pela estrada mais conhecida da história do cinema: a Estrada dos Tijolos Amarelos.

Sinopse resumida:
Dorothy Gale (Malu Rodrigues) tem uma vida pacata com seus tios Henry (André Falcão) e Em (Bruna Guerin) em uma fazenda no Kansas. Após um tornado, ela – acompanhada de seu cachorro Totó – vai parar em Oz, onde conhece o Espantalho (Pierre Baitelli), o Homem de Lata (Nicola Lama) e o Leão Covarde (Lucio Mauro Filho). Juntos, os três seguem a Estrada de Tijolos Amarelos em busca do Mágico de Oz (Luiz Carlos Miéle) e enfrentam as vilanias da Bruxa Má (Maria Clara Gueiros).
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!