Divisa quer ser “divisor de águas” e aposta em novo som

A banda Divisa (Foto: Divulgação)

O Contracen@rte continua nesta sexta-feira (9) o raio-X dos artistas que prometem estremecer as estruturas do no Rio Rock e Blues, na Rua Riachuelo, na Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, durante o Festival Rio Lapa Music, no próximo domingo (11). Até amanhã (10), vamos levar até vocês mais informações sobre Jota Corts e as bandas Encode, Divisa e Paradoxo Delta. O Festival Rio Lapa Music promete reunir o melhor do novo cenário da música carioca em mais de três horas de pura música.

Saiba aqui como garantir o seu ingresso para o Festival Rio Lapa Music

Vocês já conheceram a banda Encode e o trabalho solo de Jota Corts, agora, o Contracen@rte apresenta a banda Divisa que, como o próprio nome diz, quer ser um divisor de águas, apresentando um novo som no cenário musical carioca. A banda foi formada no início de 2011, no Rio de Janeiro e é composta por Mica Condé, nos vocais, Luiz Miller, na guitarra, Victor Toledo, no baixo, e Peagah Marques, na bateria.

A ideia central emerge justa posta do término de um antigo projeto que possibilitou o surgimento do novo conceito e formação da Divisa. Um divisor de águas e o marco de uma nova fase, sem perder o foco e os princípios que sempre acompanharam a banda. Com Influências que passam do rock ao pop, como, Paramore, Pitty, Foo Fighters, We Are The in Crowd, The Pretty Reckless, apresenta um som diferenciado.

A banda mistura guitarras pesadas com uma voz feminina que suaviza as letras fortes, buscando passar sua mensagem e ao mesmo tempo impactar o público. A Divisa também procura pensar não só nela, mas também, nos demais. Ao Contracen@rte, eles falaram como pretendem conquistar o público durante o festival. Confiram:

Contracen@rte: Como surgiu a banda?

Divisa: A banda surgiu de encontros e indicações de amigos da Zona Sul carioca, que acabou por tornar essa formação atual e fortalecer os laços de amizades e musicais, firmando e consolidando um próprio estilo.

Contracen@rte: Qual a importância do Festival Rio Lapa Music para a banda?

Divisa: O Festival Rio Lapa Music para a Divisa é de grande importância, na medida em que está dando grande visibilidade para banda, divulgando na internet, em diversos sites de potencial. Assim como também proporciona uma estrutura, tanto da casa escolhida, como de organização do evento e de conforto oferecido, o que é difícil encontrar numa cena musical carioca enfraquecida, levantando os ânimos de qualquer banda.

Contracen@rter: Qual o repertório que a banda pretende apresentar no evento?

Divisa: No repertório da Divisa constam músicas do novo CD, duas que foram lançadas anteriormente como prévias no site oficial e outra que foi lançada com vídeo no Youtube na versão acústica. Além de conter uma música inédita do novo CD nunca tocada, e outras músicas que também são do novo CD e que já estão na ponta da língua dos fãs. Além disso, conta também com os covers habituais de músicas nacionais e internacionais.

Contracen@rte: Quais são as principais dificuldades enfrentadas pela banda hoje?

Divisa: As dificuldades são de conseguirmos juntar tantas ideias e forças de vontade para desembocar em uma única coisa.

(Foto: Divulgação) 

Contracen@rte: Quais são as principais inspirações da banda?

Divisa: Paramore, Pitty, Foo Fighters e NX Zero.

Contracen@rte: Qual a ideia do nome da banda?

Divisa: A ideia vem para como um  divisor de águas, e deixar claro a nova fase e novo som da Divisa.

Contracen@rte: Quais são os projetos para o futuro?

Divisa: Gravação do novo CD e um Vídeo Clipe prevista para o primeiro semestre de 2013.

Contracen@rte: O que os fãs podem esperar no show de domingo?

Divisa: Muita energia concentrada, gás e muitas vibrações, pois a banda está crescendo e buscando surpreender cada dia mais.

(Foto: Divulgação) 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!