RPM mostra que ainda tem folêgo

(Foto: Divulgação)

O rock brasileiro já teve dias melhores. Nos anos 80, era o representante da cultura brasileira, encantando gerações e fazendo revoluções. Protagonista deste cenário, a banda RPM deixou muitos órfãos, e após brigas e separações, estão de volta.


No último sábado (27), a banda apresentou para os fãs cariocas o show da turnê “Elektra“, mesmo nome do álbum de inéditas lançado aos poucos na internet, através site oficial da banda. Apesar de tanto tempo, os fãs continuam fiéis. A casas de espetáculos não estava lotada, mas o fãs que se faziam presentes faziam valer.

 
(Foto: Reprodução/Internet)

Na abertura, de cara uma música inédita, “Muito Tudo”, com uma letra voraz, criticando nossos tempos de “muita informação e pouco conteúdo”, bem ao verdadeiro estilo RPM. Em seguida, o novo hit “Dois Olhos Verdes”, primeiro lugar em diversas rádios do país, com refrão um tanto pegajoso (na saída, dava pra ouvir as pessoas cantando). Ali já dava para perceber que a banda se atualizou, cantando ao estilo de bandas da nova geração do rock como “The Killers”, sem também perder sua essência. Agradou a todos, velhos e novos.

A verdade é que o público estava ali para ouvir os clássicos. E já na segunda música a banda tocou “Louras Geladas”. Aí a coisa mudou de figura, todos começaram a se mexer e cantar junto com Paulo Ricardo. Após uma sequência de músicas tidas como “lado B”, a poeira baixou e começaram as românticas. Mas com elas a coisa muda de figura, desta vez no palco, e eles se soltam. O público vai ao delírio, principalmente as mulheres, com “Beautiful Girl” e depois “London, London”.

O show fica empolgante, e as músicas agitadas retornam com “Alvorada Voraz”, ponto alto da noite. Mas foi mesmo “Rádio Pirata” que fez todos ficaram em pé, e para a alegria das fãs cariocas Paulo desce ao público e vem falar com as fãs e tirar fotos se mantém por ali na plateia sem nenhum segurança por perto. O show no Rio não poderia ter sido melhor, a banda de cinquentões não deixou a desejar, mostrou que ainda têm muito pique e que voltaram para ficar.

O retorno da banda é muito bem-vindo ao rock nacional, carente de uma voz para representar a juventude. Mesmo após tanto tempo, a banda mantém suas características principais: romantismo político, originalidade e atitude. Em termos técnicos, os músicos estão cada vez melhores, principalmente a guitarra de Deluqui e os teclados de Schiavon. E sim, Paulo Ricardo, beirando os 50, ainda é um galã.

E para encerrar a noite com grande estilo eles voltam para o bis cantando sucessos que levaram o público à loucura, o show que era para ser acústico ao estilo de plateia sentada, se tornou um verdadeiro show de rock, com os fãs em frente ao palco cantando palavra a palavra as músicas com o Paulo Ricardo, relembrando os velhos tempos RPM vem com tudo tocando "Olha 43" e o mais recente hit de trabalho da banda "Ninfa".

Set List:

Muito tudo
Dois olhos verdes
Louras geladas
Rainha
Vida real
Juvenília
Guerra fria
A cruz e a espada
Partners
Exagerado
Mergulho / Naja
Beautiful girl / Imagine / One
Wish you were here / Dois / Easy
London, London
Flores astrais
Revoluções por minuto
Alvorada voraz
Rádio Pirata

Bis
Ninfa
Olhar 43


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!