"Berimbaus" narra a chegada dos povos africanos

(Foto: Divulgação)

"Berimbaus" é o trabalho mais recente da Cia. de Dança Negra-Contemporânea Kina Mutembua, que terá ensaios abertos dias 7, 8 e 9 de setembro, estreando em 14 de setembro no Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro, às 20h e narra em som e movimento a chegada dos povos africanos ao território brasileiro e a construção de uma cultura marcada pela criatividade e pela resistência, merecendo destaque especial o advento da Capoeira, uma das manifestações mais conhecidas e originais da chamada cultura Bantu.

No espetáculo, são apresentadas as coreografias Yuna e São Bento, através das quais a Companhia firmou a sua linguagem artística singular, e Intore, coreografia desenvolvida a partir de uma cooperação inédita com o Ballet Nacional de Ruanda e financiada pela Unidade Especial de Cooperação Sul-Sul do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), de Nova Iorque.



A coreografia que dá nome ao espetáculo está dividida em três momentos: Pássaros, momento mais lírico, onde o balé de duas aves é apresentado por meio de ágeis movimentos da capoeira; Pé de Berimbau, celebrando os mestres capoeiristas do presente e os ancestrais; e por Berimbau,quando a força dos tambores e da dança africana se mostra em toda a sua exuberância.

(Foto: Divulgação)

O trabalho busca concretizar uma proposta orgânica de Expressão Cênica Africana, onde cada artista executa todos os elementos desta linguagem: a dança, o canto, a capoeira e o toque da percussão. São também verdadeiros atores sociais, multiplicando o conhecimento da dança, da percussão e da cultura afro-brasileira junto a 2.000 estudantes da rede pública de ensino do Rio de Janeiro.

O espetáculo, com estreia no Rio de Janeiro e temporadas em São Paulo e Salvador, e também as oficinas compõem um dos seis projetos relacionados às artes negras apoiados, em nível nacional, pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República. 

Ação Comunitária do Brasil
A Ação Comunitária do Brasil do Rio de Janeiro (ACB/RJ) é uma organização social sem fins lucrativos, fundada há 45 anos, que atua na área de qualificação profissional e geração de renda através do estímulo ao trabalho associativo, ao fomento à produção solidária e ao desenvolvimento de formas alternativas de geração de renda para moradores de comunidades de baixa renda do Rio.

(Foto: Divulgação)
Em determinado momento de sua história, a ACB/RJ chegou a atuar, simultaneamente, em 64 favelas e 16 conjuntos habitacionais do estado, beneficiando cerca de 1.500.000 pessoas. Há mais de 40 anos, possui núcleos de educação e cidadania localizados no Conjunto Habitacional de Cidade Alta e no Complexo da Maré.
A Cia. de Dança-Negra Contemporânea Kina Mutembua constitui o resultado mais expressivo do Programa de Qualificação Profissional Através da Arte, desenvolvido pela ACB/RJ. A linguagem do grupo funde expressões da capoeira com danças afro e contemporânea, apresentando canções entoadas em idiomas africanos e originando produtos de grande valor estético e cultural. Outro diferencial é o fato de reunir exclusivamente bailarinos homens. 

Serviços: 
"Berimbaus"

Ensaio Aberto: 7, 8 e 9 de setembro - 20h
Estreia: Dia 14 de setembro - 20h
Temporada: 14 a 16 de setembro
Local: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro - Rua José Higino 115 - Tijuca
Horário: 20h (sexta e sábado), 18h (domingo)
Ingresso: Gratuito
Classificação: Livre
Duração: 45 min.
Lotação: 155 lugares
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!