“Surto”completa 9 anos de pura loucura

Rodrigo Fagundes de Angela Botox (Foto: Divulgação)

Em meio à febre de stand ups comedies, um espetáculo vem se mantendo na cena cultural do Rio de Janeiro como um dos melhores do gênero. Trata-se de “Surto”, com texto, concepção e direção dos próprios atores, intitulados “Os Surtados”, Flávia Guedes, Rodrigo Fagundes, Thaís Lopes e Wendell Bendelack. O grupo voltou ao Rio no último fim de semana para duas apresentações no Galpão Gamboa, na Zona Portuária. Para este arteiro que vos fala, poderia ser algo já visto, sem nenhuma novidade, já que seria a segunda vez que assistiria à comédia (a primeira foi em 2008, no Teatro Abel, em Niterói). Mas não. O nível de risada foi igual ou maior do que aquela apresentação. O que na minha concepção não é bom, é ótimo.

"Surto" faz sucesso desde 2003. Na forma de esquetes cômicos, a peça retrata e critica personagens e situações do cotidiano, como a socialite famosa que busca o ideal de beleza, Ângela Botox, a atriz falida Jezebel e Patrick Pax, sucesso no programa Zorra Total, com seu bordão "Olha a faca!". Durante a peça, os atores levam para o palco um humor ácido com raízes no melhor do besteirol dos anos 80. Foi assim, brincando com o fato do ser humano se permitir rir do que carrega de pior, como preconceito, luxúria, ganância e outros pecados que fazem com que a vida seja um pouco mais divertida, que o espetáculo conseguiu tantos aplausos por onde esteve. E não foi diferente no Galpão Gamboa.

Wendell Bendelack de Jezebel (Foto: Divulgação)

Durante um bate papo nos bastidores, o ator Rodrigo Fagundes revelou que “Surto” surgiu a partir de improvisações, encontros, jogos e muita conversa. Segundo ele, a ideia era montar algo simples, para ser apresentado em Bares ou Cafés Teatro. Um trabalho despretensioso, que foi crescendo e hoje é considerado o carro chefe da companhia. Em cartaz há nove anos por todo o país, os surtados conquistaram fãs como Lázaro Ramos, Vladmir Brichta e Lúcio Mauro Filho, que se tornou uma espécie de padrinho do projeto. "Não tínhamos pretensão de chegar a algum lugar ou de ficar muitos anos em cartaz. A coisa foi acontecendo", completou Rodrigo.

Sempre simpáticos, o grupo fez questão de receber os arteiros do Contracen@rte após o espetáculo. Claro, como era último dia de apresentação, ainda tivemos que esperar um pouco, mas nada que causasse um grande atraso. Já sem a maquiagem e as roupas dos seus personagens, os quatro mandaram o seu recado para os arteiros de plantão e falaram um pouco sobre os seus personagens. A conversa gerou um vídeo de dois minutos que pode ser conferido na fan page do Contracen@rte no Facebook (assistam aqui). Wendell, o ator por trás da personagem Jezebel, a professora de teatro, puxou o coro e falou também da sua carreira como ator, claro, de uma forma resumida. Além disso, eles também convidaram o público para assistir ao espetáculo “O incrível segredo da Mulher-Macaco”, também da companhia, que se apresenta nos dias 28 e 29 de julho, também no Galpão Gamboa. Antes de mais nada, trata-se de uma desmiolada história de terror. E de uma comédia pra rolar de rir. A celebração à sétima arte vem combinada ao suspense à la Agatha Christie, além de uma louca mistura entre os teatros carioca e paraense.

(Foto: Divulgação)

Sucesso de público e crítica, a peça já teve participações inesquecíveis de grandes atores, como Débora Secco, Fabiana Karla, Vladmir Britcha, Cauã Raymond, Lúcio Mauro Filho (uma espécie de padrinho do grupo) e da VIP Ângela Bismarchi (que inspirou a personagem Ângela Botox). Indicados pelo Festival de Esquetes "Curta Cena" (melhor texto, melhor direção, melhor esquete, e vencedor no prêmio de melhor ator para Rodrigo Fagundes com a personagem Ângela Botox), a companhia teatral Os Surtados ganhou visibilidade e iniciou novos desafios. Rodrigo Fagundes, por exemplo, foi convidado pelo diretor Maurício Sherman, para levar um dos personagens da peça para a TV, e o Patrick (olha a faca) fez tanto sucesso no humorístico Zorra Total que, em 2005, Rodrigo foi premiado como melhor comediante pela Rede Globo, em votação popular. O ator também foi convidado, junto com Wendell Bendelack, para integrar o elenco de apoio do programa Sexo Frágil. Flávia Guedes fez parte do elenco da novela América, de Glória Perez, e está no elenco de "IrmãVap".

E foi assim, com muita vontade e sem patrocínio - o que é considerado nitidamente suicida hoje em dia – que o grupo resolveu se arriscar. E o boca-a-boca tem feito o “Surto” não só sobreviver, como agora, ver-se atuando para casas lotadas, o que é uma boa sensação mesmo que a casa tenha dimensões modestas. “Surto” é uma espécie de retorno à garra da forma inicial do besteirol, usando o recurso da crítica a tipos e situações muito conhecidos do público. Flávia Guedes, Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack fizeram tudo mais ou menos sozinhos, pois o total da cenografia consta de quatro cadeiras, e a simplicidade dos figurinos fala de improvisação a partir do que havia lá em casa, ou coisa no gênero, o que condiz tranqüilamente com a forma e o espírito do espetáculo.Apostando no humor para criticar e refletir, os surtados voltam à cidade com novidades, entre elas os personagens de Avenida Brasil. Mas, apesar das mudanças no texto e na atuação, a animação do grupo é a mesma de sempre.

Serviço:

O Incrível Segredo da Mulher Macaco
Dias 28 e 29 de julho
Local: Galpão Gamboa
Horário: 21h
Com: Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack
Texto e Direção: Saulo Sisnando
Diretora Assistente e Dir. de Movimento: Duda Maia
Participação: Renato Bavier
Participação em voz off: Malu Mader
Iluminação: Paulo Roberto Moreira
Direção de Produção e Produção Executiva: Paula Salles, Renato Bavier, Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack

Idealização: Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack
Realização: Rodrigo Fagundes, Wendell Bendelack e Três! – Ideias e Soluções Culturais.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!