Flip terá homenagem a Jorge Amado


(Foto: Google Images)

Um debate reunindo o escritor João Ubaldo Ribeiro e o dramaturgo Walcyr Carrasco em torno dos cem anos de Jorge Amado será um dos eventos especiais da Flip – Casa da Cultura. De 4 a 8 de julho, 17 encontros, entre leituras, peças de teatro, bate-papos, filmes e lançamentos de livro compõem a programação paralela da Flip – Festa Literária Internacional de Paraty. Com curadoria de Miguel Conde, as atividades vêm somar-se à programação principal da Tenda dos Autores.

“A Casa da Cultura se consolidou nos últimos anos como um espaço com mesas tão fortes quanto as da Tenda dos Autores”, explica Conde. “A programação abre espaço para discussões sobre políticas públicas e tradução, além de eventos com outros formatos diferentes da mesa de conversa”.

A jornalista e escritora britânica Annalena McAfee e o cineasta espanhol David Trueba são alguns dos nomes internacionais convidados. Premiado escritor português José Luís Peixoto volta à Flip para fazer, pela primeira vez, uma leitura pública integral de Morreste-me, escrito logo após a morte de seu pai.

“Trata-se de um texto que, durante anos, não consegui ler em voz alta. Escrevi essas cerca de quarenta páginas, logo depois de ter perdido o meu pai, com vinte e um anos. Não gosto de quando dizem que é um livro sobre a morte. Gosto de quando dizem que é um livro sobre o amor, o amor absoluto”, antecipa Peixoto.

Participantes da programação principal da Tenda dos Autores, Javier Cercas, Stephen Greenblatt e Silvia Castrillón participam também de debates na Flip-Casa da Cultura, permitindo um contato mais intimista com o público.

Os ingressos custam R$ 10 e podem ser adquiridos na Casa da Cultura ou na bilheteria da Flip para eventos do mesmo dia ou do dia seguinte. Para atividades gratuitas, é necessário retirar ingressos na Casa da Cultura uma hora antes.

Drummond será o homenageado do ano
Autor homenageado da Flip 2012, Carlos Drummond de Andrade é tema de uma série de atividades. Realizada em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e patrocinada pelo jornal O Globo, a exposição Faces de Drummond ocupará o segundo andar do espaço e fica em cartaz ao longo de todo o mês de julho, propondo uma leitura abrangente sobre a vida e obra do poeta. No sábado, dia 7, de manhã, o compositor e poeta Hermínio Bello de Carvalho relembra sua proximidade e correspondência com o amigo itabirano. Finalmente, Drummond é tema da encenação de Cartas de Maria Julieta e Carlos Drummond de Andrade, monólogo com a atriz Sura Berditchevsky, baseado na troca de correspondências e na intensa relação entre o poeta e sua filha.

A Sala de Exposições Temporárias abrigará ainda a exposição  A Flip nas paginas do Globo, com conteúdo do jornal em torno dos dez anos da festa literária.

Finalmente, uma novidade da 10ª edição da Flip é a apresentação das Noites de Cinema, em parceria com o Itaú Cultural. Serão três longas metragens recentes de diretores brasileiros: Mr. Sganzerla – Os signos da luz, de Joel Pizzini, sobre o diretor do cinema marginal paulistano; Ex-Isto, de Cao Guimarães, baseado na obra Catatau, de Paulo Leminski e Daquele instante em diante, de Rogerio Velloso, sobre a vida do músico Itamar Assumpção.

Embora façam parte da programação Flip - Casa da Cultura, a exibição dos filmes acontece na Tenda do Telão nas noites de quinta (5), sexta (6) e, excepcionalmente, na manhã de domingo (8), último dia da festa.

Mais informações no site da Flip: http://www.flip.org.br/
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!