Cinema ao extremo


Alguns dizem que o maior concorrente do Imax, outros acreditam que é apenas uma adaptação das salas 2D. O Extreme Digital Cinema chegou ao Brasil através da rede Cinemark com o objetivo de provocar nos espectadores a sensação de estarem imersos no filme. Pioneira no Brasil na exibição de filmes em terceira dimensão, o Cinemark traz telas maiores que as convencionais e uma sonorização ainda mais potente, o XD é um avanço para as salas tradicionais de cinema e reúne o que há de mais moderno em tecnologia 2D e 3D.

A exibição de filmes em salas que exploram ao máximo as possibilidades de tecnologia do cinema tradicional é uma tendência mundial. A tecnologia XD foi lançada pela Cinemark nos EUA em março de 2009. O primeiro complexo a receber a inovação foi o da cidade de Plano, no Texas. Nas salas Cinemark XD, os espectadores experimentam a sensação de estarem imersos no filme.

No Brasil, doze salas da Rede já contam com a novidade. No entanto, a tecnologia ainda não chegou ao Rio de Janeiro. Vamos torcer para não demorar!


A Rede Cinemark no Brasil
Precursora e especializada no conceito multiplex no país, a Rede Cinemark chegou ao Brasil em 1997 e já está inserida no Distrito Federal e em 14 estados: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, São Paulo, Sergipe, Goiás, Santa Catarina, Espírito Santo, Bahia, Amazonas e Tocantins.Atualmente, conta com 464 salas divididas em 58 complexos.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!