“Cabaret” terá sessão especial no domingo (15)


Após uma queda de energia ocorrida no último domingo (1º), durante o segundo ato do musical “Cabaret”, no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o espetáculo terá uma sessão especial no domingo (15), às 17h. Em nota oficial, a produção informou que apenas o segundo ato, que foi interrompido, será apresentado. A falta de luz foi causada pelo rompimento de um cabo elétrico da Light, concessionária responsável pela energia.

De acordo com a produção, para ingressar no teatro é obrigatória a apresentação do ingresso com a data do dia 01/04/2012!!

Após sucesso absoluto na capital paulista, com cinco meses de lotação esgotada desde a estreia, em outubro do ano passado, e duas indicações ao Prêmio Shell (melhor ator coadjuvante, Jarbas Homem de Mello, e melhor iluminação, Paulo Cesar Medeiros), o musical Cabaret chegou ao Rio de Janeiro. A montagem, que traz Claudia Raia no papel da cantora Sally Bowles, estreou no dia 30 de março. A versão brasileira é de Miguel Falabella, a direção de José Possi Neto e produção de Sandro Chaim.

Encenado pela primeira vez há 45 anos, com texto de Joern Masteroff, música de John Kander e letras de Fred Ebb, Cabaret se tornou um dos musicais de maior sucesso – não só por sua poderosa equipe de criação, mas também por ter sido uma das mais felizes transposições já realizadas do palcor para as telas. Se a montagem de Harold Prince para a Broadway conquistou 8 prêmios Tony, no filme de Bob Fosse não ficou atrás: levou o mesmo número de estatuetas no Oscar e, de quebra, consagrou Liza Minnelli no papel principal.

Dono de larga experiência na viabilização de dezenas de musicais, como os recentes A Gaiola das Loucas e Hairspray, Sandro Chaim é parceiro de Claudia na empreitada e assina a produção geral de Cabaret, cujos créditos incluem ainda direção musical e vocal do maestro Marconi Araújo, coreografia de Alonso Barros (de volta ao Brasil depois de uma temporadarnde 23 anos na Áustria), cenários de Chris Aizner e Renato Theobaldo, figurinos de Fábio Namatame e iluminação de Paulo César Medeiros. O elenco tem 21 atores e uma orquestra de 14 músicos, regida em cena pelarnmaestrina Beatriz de Luca.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obrigado pela sua opinião!
Contracene, seja o Artista!